fbpx

Não é reforma. É o fim da aposentadoria!

Previdência social Não é reforma. É o fim da aposentadoria!

Golpe contra a previdência social

Michel Temer, a maioria do congresso e a grande mídia retomaram nesta semana uma brutal ofensiva contra a previdência social. Manipulações, mentiras, propagandas milionárias, terrorismo fiscal, tudo para convencer a população a aceitar a reforma da previdência – na verdade, desmonte.


Previdência Social, saiba mais:

 GREVE NACIONAL DE 5/12, clique aqui e saiba como você vai perder seu direito a aposentadoria


Para atender aos interesses do sistema financeiro, interessado em abocanhar a previdência social, o condomínio golpista quer, na prática, acabar com o direito a aposentadoria de milhões de pessoas.

Preocupados com a imensa insatisfação e oposição popular ao fim da aposentadoria, Temer busca viabilizar  o que chamam de uma mini-reforma, estabelecendo idade mínima de 65 anos, 40 anos de contribuição para receber o benefício integral e estabelecer teto do INSS para servidores públicos.

Como parte da ofensiva para convencer a população brasileira, a mídia alardeia relatórios preparados pelos rentistas do Banco Mundial, verdadeiro comitê de defesa do capital financeiro internacional.

Cabe lembrar que a recente CPI no congresso concluiu que não existe déficit nas contas da seguridade social, apesar de os grandes empresários e banqueiros deixarem de pagar o que devem aos cofres da previdência social.

“Apesar do bombardeio de propaganda, oficial ou subliminar, a população brasileira não dá sinais de aceitar o desmonte do direito à aposentadoria” afirma Edson carneiro Índio.

“A classe trabalhadora precisa articular uma forte pressão sobre deputados e senadores, além de preparar a Greve Nacional aprovada por unanimidade durante manifestação de todas as centrais sindicais no último dia 10/11 em São Paulo“.

A proposta é paralisar as atividades, em todo o país, na data em que estiver marcada a votação da reforma.

Para isso, é necessário desde já um amplo processo de debates, mobilizações e organização para a luta.


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

One Comment;

  1. Renato Luís Schmitt said:

    A mídia juntamente com os políticos fazem o que deve fazer. O trabalhador tem que fazer sua parte que é ir em busca de informações verdadeiras. Porém e infelizmente a maioria acredita nos telejornais e infelizmente a maioria prefere ligar a tv que é mais cômodo do que ir no computador onde ele encontra notícias realmente verdadeiras. Há critérios para saber quando uma notícia é falsa ou verdadeira.

*

Top