DESTAQUES

Educação privada paralisa contra retirada de seus direitos

Educação privada paralisa contra retirada de seus direitos pelos donos das escolas

Diante da intransigência do donos das escolas privadas, os professores realizaram hoje um dia de greve, paralisando fortemente dezenas de escolas, em uma massiva assembleia que terminou agora, às 16h, em frente à sede do sindicato da categoria, o Sinpro-SP, centenas de professoras e professores decidiram realizar na próxima semana uma nova paralisação para decidir a manutenção da convenção coletiva.

Ribamar Passos: Os correios são mais do que a entrega de correspondência

Ribamar Passos: Os correios são mais do que a entrega de correspondência

Ribamar Passos, funcionários dos Correios e Secretário de Relações Sindicais da Intersindical analisa a situação dos Correios hoje, e indica que o serviço da empresa vai muito além da entrega de correspondências, é um instrumento de garantia de direitos, e portanto não deve ser privatizado.

Saiba tudo sobre o 6º Encontro Nacional de Blogueir@s e Ativistas Digitais

Saiba tudo sobre o 6º Encontro Nacional de [email protected] e Ativistas Digitais

Em defesa da democracia e contra os retrocessos é o tema do 6º Encontro Nacional de [email protected] e Ativistas Digitais, que acontece nos dias 25 e 26 de maio, em São Paulo. Serão dois dias de debates sobre os desafios colocados para a luta de ideias e a democratização da comunicação no Brasil, além de rodas de conversa e trocas de experiência sobre a produção e a articulação das mídias alternativas, blogosfera, comunicadores e ativistas digitais. O evento acontecerá no Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (Rua Genebra, 25).

Resoluções

Resolução: Em Defesa da Democracia: LULA LIVRE! | INTERSINDICAL

Resolução: Em Defesa da Democracia: LULA LIVRE!

A prisão do presidente Lula é um acinte à democracia, à Constituição Federal, e indigna milhões de trabalhadoras e trabalhadores. Baseado em um julgamento repleto de vícios e inconstitucionalidades para intervir nas eleições de 2018, Lula foi condenado a ficar mudo e encarcerado para não poder falar com o povo. A toga age como chefe de partido do capital financeiro e da direita para impor e manter um golpe que visa permitir ao rentismo se apropriar ainda mais da riqueza produzida pelo trabalho, da renda pública e dos bens naturais.

Notas

Publicações

Top