Trabalhadores vão às ruas em defesa da democracia, pelo direito de Lula ser candidato e contra a agenda do grande capital

Trabalhadores vão às ruas em defesa da democracia, pelo direito de Lula ser candidato e contra a agenda do grande capital

Trabalhadores vão às ruas em defesa da democracia, pelo direito de Lula ser candidato e contra a agenda do grande capital

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Trabalhadores às ruas em defesa da democracia!

Milhares de trabalhadores foram às ruas nesta quarta-feira (24) em defesa da democracia e de Lula ser candidato. Em São Paulo, a INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora, juntamente com a Frente Povo Sem Medo e diversos movimentos populares de trabalhadores e trabalhadoras lotaram a Praça da República em defesa da democracia e contra as reformas trabalhista e da Previdência!

“A farsa montada pelo capital financeiro, a Rede Globo e o Judiciário, a serviço do rentismo dos milionários, que querem desmontar o Estado, acabar com a aposentadoria e com os direitos trabalhistas e entregar a saúde, educação e bens públicos ao grande capital, demonstrou que não se trata de um julgamento que está acontecendo no Brasil. Trata-se de uma operação montada para retirar o maior líder das pesquisas da eleição, como forma de conseguirem manter a agenda de desmontes e do golpe”, alertou Edson Carneiro Índio, Secretário Geral da Intersindical.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

“Ainda que possamos ter todas as diferenças, não vamos nos omitir diante dessa farsa”, disse Índio.

O resultado do julgamento desta quarta-feira (24), no TRF-4 , aumentando a condenação de Lula para 12 anos e um mês, é um sinalizador de que o golpe vai endurecer contra a democracia e a contra a classe trabalhadora.

No ato estiveram presentes além de diversas organizações de trabalhadores, o próprio ex-presidente Lula e diversos parlamentares. Ao final do ato, as mais de 50 mil pessoas ainda caminharam rumo à Avenida Paulista.

CLIQUE AQUI E VEJA AS FOTOS DO ATO EM SÃO PAULO

Porto Alegre e TRF-4 militarizada

Em Porto Alegre (RS), milhares de trabalhadores e trabalhadoras foram às ruas ainda na terça-feira (23) e ocuparam a Esquina da Democracia.

Um dia depois, durante a audiência, a Frente POVO SEM MEDO e a Intersindical Central da Classe Trabalhadora participam da vigília em defesa da democracia nas proximidades do TRF-4, sob um forte aparato militar.

O Judiciário, a serviço da elite financeira e empresarial, dos golpistas, temendo o povo, nos mantiveram à distância do local do julgamento.

Vídeo do ato em São Paulo

Assista à intervenção da Intersindical no ato em defesa da democracia e de Lula ser candidato, que aconteceu em São Paulo.


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários