Nota de protesto contra o assassinato de Marielle Franco

Nota pelo assassinato de Marielle Franco | INTERSINDICAL

Marielle Franco, PRESENTE!

Marielle Franco foi assassinada por mais um ato de violência e extermínio que corresponde ao cotidiano da população negra e lutadora no Brasil. Cotidiano, que Marielle, como militante feminista, negra, socialista e moradora da periferia conhecia bem e lutava para transformar.

Marielle nunca se calou diante das injustiças que assolam o Rio de Janeiro, denunciou a violências nas comunidades, a farsa das UPPs e, mais recentemente, a intervenção militar no estado.

Pelo exemplo de coragem e dedicação Marielle representa a todas nós mulheres trabalhadoras.

Cada uma de nós morre um pouco com Marielle, na tristeza que nos abate por seu martírio, mas Marielle vive e em cada uma de nós, por estar presente na luta das mulheres e do povo brasileiro.

Exigimos a investigação criteriosa do atentado que resultou na morte de Marielle Franco e seu motorista Anderson Pedro Gomes, que também foi assassinado no exercício digno de seu trabalho.

Não será mais um crime sem autoria, nem mais uma de nós que se vai sem justiça.

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora, na voz do seu Coletivo de Mulheres lamenta a morte da companheira, vereadora e militante da causa feminista Marielle Franco e se solidariza com seus familiares.

Estendemos nossa solidariedade a família de Anderson Pedro Gomes, que trabalhava com Marielle.

Nenhuma a menos!
Marielle Franco Presente!
15 de março de 2018,
Intersindical Central da Classe Trabalhadora
Coletivo Essas Mulheres Trabalhadoras da Intersindical


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Postagens Relacionadas

*

Top