Nota de solidariedade ao povo equatoriano

Compartilhe

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora se solidariza com a justa e necessária luta dos irmãos e irmãs equatorianas contra o governo neoliberal de Lenín Moreno, presidente que traiu a confiança do povo e os princípios fundantes do seu partido, a Revolucíon Ciudadana.

O “Paquetazo”, conjunto de medidas criadas pelo Fundo Monetário Internacional e aceita pelo o governo de Lenín Moreno, significa a retirada de direitos dos servidores públicos e elevação dos preços dos combustíveis, o que atingem toda a população do país.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

O atual governo do Equador se curvou diante das medidas de “austeridade” impostas desde Washington, ou seja, abriu mão de governar para o povo equatoriano e agora governa para os bancos internacionais.

Seguindo mais uma vez a receita dos governos neoliberais da América Latina, Lenín Moreno ampliou a repressão estatal contra os que lutam por direitos, o que já resultou em morte e centenas de presos e feridos.

A indignação dos nossos irmãos equatorianos é legítima e suas exigências devem ser atendidas. Declaramos nossa total solidariedade, nosso profundo respeito e nosso apoio internacionalista à classe trabalhadora, aos povos indígenas e a juventude do Equador.

Viva a luta da classe trabalhadora, dos povos indígenas e juventude do Equador.

Pelo fim da repressão contra os manifestantes e libertação imediata de todos os detidos.

Abaixo ao Paquetazo!

São Paulo, 10 de outubro de 2019
Intersindical Central da Classe Trabalhadora

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários