Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Os delegados e delegadas do 2º Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora se solidarizam com a companheira Maria Valéria. Recebemos com surpresa a notícia do pedido de prisão da companheira, pleiteado pela Associação de Docentes da UFAL (ADUFAL) e pelo Sindicatos dos trabalhadores da UFAL (SINTUFAL), contra a reitora Maria Valéria e membros da sua gestão.

O motivo seria baseado em atos administrativos da reitoria, num conflito de interesses acerca do pagamento de gratificação aos servidores, processo que tem encontrado casos semelhantes em outras universidades federais Brasil a fora. Em nenhuma delas, no entanto, o reitor ou reitora foram alvos de pedidos de prisão.

Reafirmamos o papel fundamental da atual gestão da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) na defesa da Universidade pública e de qualidade, e também na defesa da saúde, inclusive na militância ativa na Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde.

É necessário reafirmar a unidade das forças populares na defesa dos direitos da classe trabalhadora.

São Paulo, 17 de março de 2019


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Tags

*

Top