Intersindical destaca necessidade de unidade de luta, durante seminário Reforma da Previdência

Intersindical destaca necessidade de unidade de luta, durante seminário Reforma da Previdência

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Saiba mais:
→ Intersindical firma compromisso de unidade na luta contra o desmonte da previdência
05/fev – Resolução: Em defesa dos direitos e da Previdência. Construir a Greve Geral!
→ Vídeo: Desmascarando a Farsa do Rombo da Previdência


A Intersindical Central da Casse Trabalhadora marcou presença no Seminário “Reforma da Previdência, Desafios e Ação Sindical”, promovido pelo Dieese, em São Paulo, no Sindicato dos Padeiros. Na abertura (7), todas as centrais sindicais fizeram suas saudações. O evento termina hoje (8).

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Ricardo Saraiva Big, secretário de Relações Internacionais da Intersindical, defendeu vigorosamente a unidade do movimento sindical e social na luta contra o desmonte da Previdência.

“Tem que ter humildade para construir uma greve geral no país, temos que chamar MTST, MST, e o que ainda há de vigor na luta do povo. Se ficarmos na arrogância de brigar pela data que queremos, se a gente não tiver unidade numa única data, seremos todos derrotados”.

Big lembrou que no dia 15 de março os trabalhadores da educação vão parar e provocou os representantes das centrais a aderirem à greve geral neste dia. “Quem bateu panela no país vai ficar com as panelas vazias”, afirmou.

Na primeira mesa de discussões, ‘Atribuições e Fontes de Previdência’, o consultor Luciano Fazio enfatizou que a previdência social tem outras fontes de financiamento além das contribuições diretas, e que ela foi pensada como forma de equilíbrio econômico e social.

“O caráter contributivo não é tudo na previdência. A Constituição Federal de 1988 se baseia no caráter social. É uma lógica perversa dizer que a previdência seria paga por cada um segundo a sua contribuição, como se fosse uma poupança individual. A previdência pública é um amparo de proteção social para momentos .”

Para Vilson Antônio Romero, da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), o governo Temer está aplicando uma ditadura demográfica com base em parâmetros europeus de países de primeiro mundo para justificar a reforma da previdência no Brasil.

Em 12 meses, R$ 120 bilhões serão desvinculados com o aumento da DRU (Desvinculação das Receitas da União) em 30%. As renúncias fiscais, só em 2016,  ficaram em R$ 69,7 bilhões e a dívida ativa consolidada está em R$ 374 bilhões”.

“Sobra dinheiro no conjunto de financiamento da seguridade social. Há teto para arrolar a dívida pública? Não! Só para os programas sociais”, ressaltou.

Em 92% dos municípios os recursos distribuídos pelo INSS superam a própria arrecadação municipal, o que demonstra a importância da Previdência para o desenvolvimento econômico e social.

Romero comentou sobre a perversidade da reforma para com os trabalhadores do campo e lembrou que o governo nem conseguiu implantaram o e-social para as domésticas da cidade, quanto mais agora exigir a contribuição individual dos trabalhadores do campo.  “Não é chamando o trabalhador do campo a contribuir. Tem que chamar o agronegócio”.

O evento está sendo transmitido ao vivo pelo link do Dieese http://www.dieese.org.br/evento/seminarioReformaPrevidenciaHoje.html.

Fonte: INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários