fbpx

Do luta à luta: o descaso com a COVID mata mais que as guerras

Dia 7 de agosto será o Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Vida e em denúncia aos quase 100 mil mortos vítimas do Covid-19.

O Brasil é vítima do pior governo de sua história. O descaso e perversidade do Presidente da República tem gerado um custo em vidas superior a muitos conflitos armados.

Por exemplo, na Guerra do Afeganistão foram mortos 21 mil civis, desde 2001, o número de mortos no Brasil é 5 vezes maior, e já chegam a praticamente 100 mil pessoas que perderam a vida em 5 meses.

Em denúncia a esta tragédia, centenas de entidades sindicais e sociais convocaram o DIA DE LUTO, DIA DE LUTA, que acontecerá na próxima sexta-feira, 07 de agosto, e contará com ações simbólicas nas principais cidades do país além das ações nas redes sociais.

O objetivo é chamar a atenção para a responsabilidade do Governo Bolsonaro no crescente número de mortes em decorrência da pandemia. Óbitos que poderiam ser evitados com aplicação de medidas sanitárias adequadas em conformidade com o padrão internacional.

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora e demais entidades sindicais promoverão neste dia paralisações nos locais de trabalho e outros atos simbólicos.

Dia 07 de agosto o Brasil irá se unir no Luto, em respeito aos que perdemos, mas em Luta para que a morte não siga em frente.

#ForaBolsonaro

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top