Cuba: CTC reafirma a disposição da classe trabalhadora na luta por sua nação livre do imperialismo 

Cuba: CTC reafirma a disposição da classe trabalhadora na luta por sua nação livre do imperialismo 

Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Intersindical no 21º Congresso Internacional da Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC)

A Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC), realizou seu XXI Congresso entre os dias 20 a 24 de abril, em Havana. Fundada em 1939, a Central sindical cubana completa 80 anos com a firme disposição de seguir lutando por uma sociedade sem exploração e por sua nação justa, soberana, solidária e socialista.

Reunindo trabalhadoras e trabalhadores de todo o país, inclusive do trabalho no setor não estatal, a CTC realizou um grande congresso, com intensos debates e ampla participação da classe trabalhadora desde os locais de trabalho, nas sessões do congresso até as instâncias máximas de direção da sua organização sindical. 

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Convidado pela direção da CTC, o Secretario Geral da Intersindical Edson Carneiro Índio fez parte da delegação internacional que acompanhou o evento. 

A efetiva participação democrática dos trabalhadores nos debates e nas decisões sobre os rumos do país, e também do seu combativo movimento sindical, fica mais uma vez demonstrada. 

A CTC e o conjunto da classe trabalhadora cubana demonstraram plena consciência do que se passa na ilha e no mundo, com o recrudescimento da política imperialista de Trump, o reforço do criminoso bloqueio econômico imposto ao povo, a ofensiva contra o povo venezuelano e seu processo bolivariano de mudanças, a agenda reacionária e antipopular de Bolsonaro, a importância da resistência e da luta sindical, social e política em todo o mundo para derrotar os planos do imperialismo e do capital financeiro internacional.

Presente em todos os centros de trabalho, a CTC demonstra vitalidade e forte conexão com as trabalhadoras e trabalhadores nas bases, inclusive sobre as dificuldades enfrentadas pelo povo, dificuldades advindas principalmente do bloqueio ilegal e assassino do império norte-americano que impactam fortemente o desenvolvimento econômico da pequena e resistente ilha caribenha. 

Diante da inaceitável guerra econômica levada a cabo por Donald Trump contra Cuba, a classe trabalhadora daquele país se prepara, mais uma vez, para resistir aos tempos difíceis que podem resultar das medidas imperialistas.

“A Intersindical reafirma seu rechaço aos planos de Trump e manifestamos nossa solidariedade e compromisso com a soberania e autodeterminação do povo cubano”, afirma Edson Carneiro Índio, que aproveitou a estada na ilha para agradecer pelo extraordinário papel desempenhado pelos médicos cubanos no Brasil. 

Sob o lema “Unidade, compromisso e vitória”, o XXI Congresso da CTC reconduziu o companheiro Ulisses Guilarte à Secretaria Geral da vibrante organização sindical cubana, elegendo também uma representativa direção para o próximo período. 

Além das questões que afetam o povo e a economia cubana, as delegadas e delegados ao congresso da CTC demonstraram seu internacionalismo solidário, expresso principalmente no apoio ao povo e ao governo da Venezuela, na luta por Lula Livre e na defesa da autodeterminação dos povos em todo o mundo.


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários