Câmara retoma votações com projeto que ameaça a soberania nacional da Petrobras

Na retomada dos trabalhos após as eleições, a Câmara dos Deputados tem sessões marcadas até a próxima quinta-feira (6) com projetos polêmicos, que sofrem forte resistência da oposição e dos movimentos sociais. É o caso do projeto de lei que retira da Petrobras o direito de participação mínima em 30% da exploração do pré-sal. A votação está marcada para às 16 horas desta segunda-feira (3).

Os petroleiros realizam atos em diversas cidades contra a votação do projeto e recebem apoio dos parlamentares da oposição. Os petroleiros farão manifestação contra a votação do projeto e recebem apoio dos parlamentares da oposição, que veem no projeto uma ameaça ao patrimônio brasileiro. 

A disputa pelo petróleo brasileiro, e mais especificamente o pré-sal, está no centro do golpe que levou ao afastamento da presidente Dilma Rousseff. O projeto é de autoria do senador afastado José Serra (PSDB-SP), atual ministro de Relações Exteriores do governo Temer.

Em escutas realizadas pelo governo norte-americano e que vieram à publico por meio do ex-consultor técnico da Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos, Edward Snowden,  Serra aparece fazendo lobby com a petrolífera Chevron e garantindo que o pré -sal será entregue aos estrangeiros.

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

*

Top