Café Sindical realiza o debate “O Estado e o Servidor Público”, em Belo Horizonte (MG)

Café Sindical realiza o debate "O Estado e o Servidor Público"

Compartilhe

O Café Sindical é um projeto nascido em Belo Horizonte, em 2012, por iniciativa do Sindireceita (Sindicato dos Analistas da Receita Federal). Em suas edições de 2012 e 2013, o Café reuniu em torno de 18 entidades sindicais para discutir temas como a regulamentação do direito de greve do servidor (resolução 151 da OIT), reforma tributária e lei de acesso à informação.

Diante do complexo cenário político, econômico e social, o Sindireceita Belo Horizonte, com apoio da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, retoma o Café Sindical.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Clique aqui e curta a página oficial do Café Sindical no Facebook

Em sua primeira edição de 2017, discute o tema O Estado e o Servidor Público.

Em tempos de desconstrução de políticas públicas, de revogação de direitos essenciais de quem constrói a riqueza desse país, servidores públicos de diferentes setores unem-se para discutir o Estado Brasileiro.

O papel histórico dos servidores, como idealizadores e executores de políticas e serviços públicos, detentores da “intelligentsia” do Estado, vem-se perdendo. Fato contraditório, se considerarmos que o nível de formação escolar dos servidores tem aumentado nos últimos anos.

Esse primeiro encontro do Café Sindical, pretende enfrentar essas questões. Entender as razões, propor saídas, trazer o Servidor Público de volta ao seu papel fundamental na construção de um Estado justo, inclusivo, a serviço do país e de sua gente.

CONVIDADOS

Prof. José Luiz Quadros de Magalhães – Mestre e Doutor em Direito pela UFMG. Professor titular da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e professor associado da Universidade Federal de Minas Gerais. Presidente Nacional (Brasil) da Rede pelo Constitucionalismo Democrático latino americano. Foi Professor visitante no mestrado em filosofia da Universidad Libre de Bogotá; do doutorado da Faculdade de Direito da Universidad de Buenos Aires; na Facultad de Derecho de la Universidad de la Habana (Cuba) e pesquisador na Universidad Nacional Autónoma de México. Foi Procurador Geral da Universidade Federal de Minas Gerais e coordenador dos Cursos de Pós Graduação em Direito da Faculdade de Direito da UFMG.

Profa. Magda de Lima Lúcio – Mestre (2002) e Doutora (2007) em Sociologia pela Universidade de Brasília. Docente do curso de Gestão de Políticas Públicas (graduação); Docente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares – CEAM/UnB). Líder do Grupo de Pesquisa Instrumentos e Tecnologias de Gestão (GEPIN). Presidente da Associação Nacional de Ensino e Pesquisa do Campo de Públicas (ANEPCP).

SERVIÇO

Quando: 19 de julho, às 8h
Onde: Auditório da Receita Federal
Endereço: Avenida Olegário Maciel, 2360 – Santo Agostinho, 30140-170, Belo Horizonte (MG) (mapa)

Clique aqui e curta a página oficial do Café Sindical no Facebook

Café Sindical realiza o debate "O Estado e o Servidor Público", em Belo Horizonte (MG)


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários