Bolívia tem a menor taxa de desemprego da América do Sul

Bolívia tem a menor taxa de desemprego da América do Sul

Compartilhe

A Bolívia, por meio de investimentos públicos, reduz pela metade a taxa de desemprego nos últimos 12 anos.

Após o lançamento, em maio do ano passado, do ambicioso Plano Nacional de Emprego, que destinou 146,4 milhões de dólares para geração de novos postos de trabalho, a Bolívia se torna o país com menor taxa de desemprego da América do Sul.

Em 2005, o desemprego atingiu 8,1% da população economicamente ativa, essa taxa foi reduzida para 4,5% em 2017, segundo dados do BID. A perspectiva é que em 2018 continue a tendência de queda, devido a manutenção das políticas governamentais de apoio à atividade produtiva.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Ano passado, o Brasil atingiu a taxa de 12,7 , segundo dados da PNAD Contínua, ou seja, praticamente 3 vezes maior do que a Bolívia.

A questão fundamental é que com a Reforma Trabalhista e demais medidas de redução de investimentos públicos, a tendência é que 2018 termine com uma taxa ainda maior de trabalhadores sem ocupação.

Texto: Pedro Otoni


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários