AO VIVO: Votação da reforma trabalhista no Senado é retomada sob muita pressão. Acompanhe

Saiba mais:
→ A resistência dos trabalhadores para evitar a votação da reforma trabalhista
→ Sammer Siman: O dia em que Senadores poderão declarar guerra definitiva no Brasil
 Senado dá golpe de morte nas costas do povo brasileiro ao aprovar a ‘reforma’ trabalhista
→ Marque os senadores que nunca mais terão o voto da classe trabalhadora
 Rodrigo Maia reconhece que acordo para amenizar reforma trabalhista nunca existiu


A votação da reforma trabalhista no Senado foi restabelecida após a postura autoritária e vergonhosa do Presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB/CE), que arrancou o microfone da Senadora Fátima Bezerra, mandou cortar o som, suspender a sessão, desligar as luzes e retirar do ar a transmissão ao vivo que ocorria naquele momento.

Após uma tentativa de rearticular a votação no Auditório Petrônio Portela e ter se deparado com a resistência dos trabalhadores, a presidência do Senado foi obrigada a negociar com Senadores da oposição que ocupavam o plenário do Senado.

A Intersindical está presente no Senado fazendo pressão contra a votação da reforma trabalhista. Mas é preciso que você também pressione seus senadores. Entre em contato, envie e-mails, se manifeste nas redes sociais. Clique aqui e acesse o contato dos senadores em exercício.

ATUALIZAÇÃO – 22H40: Esta transmissão ao vivo está encerrada.

Acompanhe AO VIVO a votação da reforma trabalhista:


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Postagens Relacionadas

One Comment;

  1. Leila Matos Miranda de Moura said:

    Parabéns às senadoras, Vanessa, Gleise, Fátima e todos q estão enfrentando a ditadura do presidente do senado, em favor dos direitos dos trabalhadores. O Brasil precisa de pessoas como vcs!

*

Top