Dia 31/3: mais protestos contra a reforma da previdência e a terceirização

Achou esta informação importante? Compartilhe em suas redes sociais:

Veja ao final os locais e horários das principais manifestações pelo Brasil!

O governo está cumprindo à risca com a agenda do golpe. Não se trata de reformar a Previdência Social e muito menos gerar empregos com a reforma trabalhista. Trata-se de acabar com o emprego fixo, alugar pessoas e descartá-las de tempos em tempos para depois recontratá-las. Sem quaisquer direitos. Sem seguro-desemprego, sem auxílio doença e muito menos aposentadoria.

Essa nova legislação defendida por Temer e seus comparsas acaba com a proteção da Seguridade Social – que engloba a Previdência, Assistência Social e Saúde públicas – para transferir o dinheiro público ao sistema financeiro e empresas privadas.

A aprovação do PL 4302/98, que libera a terceirização (inclusive no serviço público), é uma clara oportunidade para ampliar e perpetuar a corrupção no País. Com tudo terceirizado, além da queda na qualidade dos serviços, não haverá quem investigue tantos contratos em tantos municípios, cidades e estados do País.

A saída única é resistir. Ir às ruas, protestar! Marcar e pressionar cada deputado e cada senador que votar contra os direitos sociais garantidos na Constituição de 1988.

Vamos às ruas resistir até o fim! Trabalhar até morrer, tô fora! Fora Temer! Fora golpistas!

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Postagens Relacionadas

Achou esta informação importante? Compartilhe em suas redes sociais:

*

Top