Nota da INTERSINDICAL em apoio à greve dos trabalhadores dos Correios

INTERSINDICAL apoia a greve dos trabalhadores dos Correios

A INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora manifesta sua total e irrestrita solidariedade e apoio à greve das trabalhadoras e trabalhadores dos Correios. Os trabalhadores ecetistas seguem numa greve forte em suas 35 bases sindicais desde o dia 19 de setembro contra a privatização, o fechamento de agências, contra a pressão para adesão do plano de demissão voluntária, falta de concursos, dentre outros ataques aos direitos, além da luta por um aumento real dos salários.

A direção dos Correios, feita hoje pelo presidente Guilherme Campos do PSD de Gilberto Kassab (ministro das comunicações) tem realizado ofensiva contra os direitos dos trabalhadores e propõe um reajuste de apenas 3% a partir de janeiro de 2018, sendo que o salário base da categoria gira em torno de R$ 1450 reais.

De outro lado, o judiciário criminaliza a greve, tendo o TST decidido por sua “abusividade” em mais uma prática antisindical por parte do poder judiciário. Pra completar o quadro de criminalização das lutas dos trabalhadores e trabalhadoras, na última sexta-feira a direção da empresa decidiu que não mais cumprirá o acordo coletivo de trabalho, considerando o vencimento do acordo.

No entanto, os trabalhadores e trabalhadoras dos Correios não vão se arrefecer. Na data de ontem foi aprovada a continuidade da greve, ato em Brasília hoje (3 de outubro) e passeata em São Paulo, no dia 4 de outubro. Os trabalhadores e trabalhadoras exigem também a saída de Guilherme Campos da presidência dos Correios, dada sua política de privatização da empresa e o fim do monopólio postal, em mais uma medida de desmonte e entreguismo que compõe o cardápio do governo Temer.

Todo apoio à greve dos trabalhadores dos Correios!
Em defesa de um serviço postal de qualidade e da soberania!
Fora Guilherme Campos! Fora Temer!
Viva a luta dos trabalhadores!


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Postagens Relacionadas

Top