Vote (e lute) CONTRA AS PRIVATIZAÇÕES!

Vote (e lute) CONTRA AS PRIVATIZAÇÕES!

Vote (e lute) CONTRA AS PRIVATIZAÇÕES

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

O governo golpista veio para raspar o tacho. Se o tucano Fernando Henrique entregou a Telebras, a Companhia Vale do Rio Doce e parte do setor elétrico, Michel Temer e companhia querem se desfazer de tudo o que nos resta.

Em três comunicados (setembro de 2016, março e agosto de 2017), Temer anunciou a venda de: campos de petróleo, incluindo pré-sal, e gás; Eletrobras, hidrelétricas, distribuidores e linhas de transmissão de energia; áreas de exploração mineral; ferrovias, rodovias, portos e aeroportos (incluindo Congonhas); empresas de saneamento; Lotex (“raspadinha”); e até a Casa da Moeda do Brasil.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Alguns desses projetos foram concluídos (leilões de áreas do pré-sal, por exemplo), alguns estão paralisados (Eletrobras) e outros em andamento.

Com entraves para venda da Eletrobras, a bola da vez é a Embraer, umas das maiores fabricante de aviões do mundo, que em 2017 teve R$ 800 milhões de lucro.

Além de gerar emprego, tecnologia e riqueza em solo brasileiro, a Embraer é estratégica para a segurança e soberania nacional, atuando em cooperação com a Força Aérea Brasileira (FAB).

A tentativa venda da empresa para a Boeing, cujo maior cliente é o Pentágono, expõe a submissão total do governo Temer aos Estado Unidos.

MAIS EMPRESAS NA MIRA

Sabemos que há outras empresas públicas na mira: a Petrobras, com o plano de “desinvestimentos e parcerias”, que inclui a venda de refinarias, gasodutos e empresas subsidiárias; os Correios, com o fechamento de centenas de agências e milhares de demissões; o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, também a partir do fechamento de agências e demissões.

Até o Sistema Único de Saúde (SUS), as Universidades Federais e o Aquífero Guarani correm risco!

Não podemos permitir que nossas empresas públicas e riquezas naturais sejam descartadas em benefício de outros países e grandes grupos privados! Nestas eleições, é preciso VOTAR CONTRA O ENTREGUISMO!

Mais que isso, é preciso arregaçar as mangas e lutar por desenvolvimento e soberania nacional! O momento exige participação ativo nos sindicatos, movimentos populares e partidos que defendam a classe trabalhadora e o povo brasileiro. Não deixe que a política seja dominada por políticos vendidos às multinacionais.

Vote (e lute) contra as privatizações!


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

#ForaBolsonaro - Próxima Mobilização: 24 de Julho
#ForaBolsonaro - Próxima Mobilização: 24 de Julho
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários