ATENÇÃO: Votação da MP 905 é adiada no Senado!

ATENÇÃO: Votação da MP 905 é adiada no Senado!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Votação da MP 905 adiada!

Diante da complexidade e profundidade das modificações introduzidas pela Medida Provisória 905 (MP 905), uma série de partidos com representação no Senado solicitaram um maior tempo de análise, logo o debate foi adiado para a próxima segunda-feira (20), quando retornará para a pauta da casa.

A chamada Carteira Verde Amarela, introduzida pela MP 905 – que prevê uma nova reforma trabalhista que aprofunda a precarização dos contratos de trabalho – entrou na pauta do Senado Federal nesta sexta-feira (17).

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Há um setor do Senado que já manifestou a intenção de não votar a matéria na semana que vêm. Caso não seja votada, ou seja convertida em lei, na segunda-feira a referida MP caduca, uma vez que sua vigência temporária termina no próximo dia 20.

O principal argumento dos Senadores contrários à medida, além da crítica ao conteúdo da MP 905, também destacam que a mesma é inoportuna no momento, e que a conjuntura atual de crise requer que o Senado priorize temas que respondam às demandas imediatas da população geradas pela pandemia do COVID-19.

Davi Alcolumbre decidiu retirar de pauta e ainda informou que não tem compromisso em pautar a MP 905 na segunda feira.

Alexandre Caso, membro da Direção Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, e responsável da entidade pelo acompanhamento legislativo avalia que “A aprovação dessa medida provisória interessa exclusivamente aos patrões, pois significa mais uma reforma trabalhista que na prática retira direitos, aumenta a exploração e não gera emprego, apenas abre espaço para substituir trabalhadores com direitos por trabalhadores sem direitos”.

A Intersindical é contrária à MP 905.Por isso nos somamos ao conjunto de entidades de diversas setores sociais na campanha #CADUCAMP905; o Brasil não aguenta mais a retirada de direitos do seu povo.

VÍDEO

Texto: Pedro Otoni

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigos
Mais recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rita Leite Diniz
Rita Leite Diniz
1 ano atrás

Por nenhum direito a menos!