fbpx

Temer trama a entrega dos Correios, Infraero, Docas, Caixa, IRB e outras 200 empresas ao grande capital

O golpista Michel Temer já começa a preparar a entrega de participações da União em estatais e em várias empresas privadas, a partir da abertura de capital dos Correios e da Casa da Moeda. Está em análise a venda de fatias do governo federal em até 230 empresas do setor elétrico, das quais 179 sociedades de propósito específico estão nas mãos da Eletrobras, além de ativos da Infraero, das companhias Docas, da Caixa Seguros e do IRB Brasil. São dezenas de empreendimentos nas áreas de geração, distribuição e transmissão de energia e em parques eólicos que serão entregues ao grande capital por valores irrisórios.

Segundo a repórter Geralda Docas, de O Globo, a lista já vinha sendo preparada em segredo há tempos. O plano prevê, ainda, a venda de participações da União na BNDESPar (sociedade de ações, braço do BNDES) e em companhias como Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasaminas), Companhia de Armazéns e Silos do Estado de Minas Gerais (Casemg), Novacap e Terracap (companhia de urbanização e agência de desenvolvimento do Distrito Federal), entre outras.

A reportagem ressalta que a abertura de capital dos Correios, que vem sendo preparada desde 2011, depende da aprovação da Congresso Nacional e da reestruturação do plano de negócios da empresa, que teve prejuízo de R$ 2,1 bilhões em 2015. Uma das ideias estudadas, conforme O Globo, é dividir as áreas em unidades, como logística e encomendas, que poderão ser transferidas integralmente ao setor privado.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

One Comment;

  1. Eros Alonso said:

    Eu defendo perpétua para os entreguistas traidores da Nação.Mas se perpetrarem o crime defendo Pena de Morte.

*

Top