Tag Archives: ricardo antunes

Ricardo Antunes: “Na escravidão o trabalhador era vendido. Na terceirização, é alugado”

Ricardo Antunes: “Na escravidão o trabalhador era vendido. Na terceirização, é alugado”

Para o sociólogo Ricardo Antunes, professor livre-docente da Unicamp e um dos principais nomes no País sobre os debates do mundo do trabalho, esse movimento contra os trabalhadores já era esperado.

Juízes do Trabalho manifestam contra a imposição de retrocessos trabalhistas

O senador Paulo Paim (PT-RS) leu, nesta terça-feira (5), um manifesto assinado por diversos juízes do trabalho no qual há um alerta sobre o risco que o momento político traz à Justiça do Trabalho e um compromisso desses profissionais de continuar avançando na defesa dos direitos trabalhistas. De acordo com o documento lido por Paim,

Economistas nacionais e internacionais participam de Congresso na Unicamp

Começa hoje, na Unicamp, o IV Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho (ABET) com o tema: “Trabalho, dinâmicas internacionais e os desafios para o Brasil” A cada dois anos, a ABET reúne no Encontro Nacional seus associados e pesquisadores brasileiros e de outros países, para a discussão de temas relevantes sobre a realidade

Juristas e intelectuais lançam manifesto em defesa dos direitos trabalhistas

Contra oportunismos e em defesa do direito social – II Em 29 de janeiro de 2009, no olho do furacão da crise de 2008, publicamos o Manifesto “Contra Oportunismos e em Defesa do Direito Social”, para rechaçar a ideia de que a crise econômica justificava a redução de direitos trabalhistas. Os argumentos expostos naquele documento

“Mundo produtivo destrói corpo produtivo”: Ricardo Antunes, em debate no Unificados

O sociólogo Ricardo Antunes afirmou que “O mundo produtivo, no capitalismo, destrói o corpo produtivo”, ao fazer a relação entre a exploração por cada vez mais produção e menos direitos nas empresas, com o crescente número de trabalhadores acidentados, lesionados e mortos no exercício de suas atividades. E ele garante que, se aprovado o projeto

Debate: “Trabalhar para adoecer?” Com Ricardo Antunes, na regional dos Químicos em Campinas

“Trabalhar para adoecer?” é o tema de debate com o professor e sociólogo Ricardo Antunes, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) fará dia 30 de junho (terça-feira), com início às 10 horas, na Regional Campinas do Sindicato Químicos Unificados. A defesa da saúde e da segurança no trabalho é uma das prioridades do Sindicato Químicos

Vídeo: TV UFBA – O PL 4330 e suas implicações no mundo do trabalho

UFBA (Universidade Federal da Bahia) Alvo de muitas discussões, protestos e debates, o Projeto de Lei 4.330/04, que propõe regulamentação sobre terceirização do trabalho é tema deste Especial TV UFBA. Especialistas em Sociologia do Trabalho, como os pesquisadores Graça Druck, da UFBA, e Ricardo Antunes, da UNICAMP, e Isabela Fadul, da Faculdade de Direito da

PL 4330 institucionaliza a burla, diz Ricardo Antunes, professor da Unicamp

Do Jornal da Unicamp – Edição de 11/5/2015 a 17/maio/2015 – Nº 624 – Texto: Carlos Orsi Entrevista dada ao Jornal da Unicamp pelo sociólogo e professor Ricardo Antunes (foto acima), da Unicamp, sobre o projeto de lei (PL 4330), que regulamente a terceirização. Para o professor Antunes, o PL institucionaliza a burla, equivale a

O trabalho que estrutura o capital desestrutura a sociedade. Entrevista especial com Ricardo Antunes

Instituto Humanistas Unisinos “Por que o projeto da terceirização passou? Porque o PT, no Executivo Federal, nunca se consubstanciou como um governo dos trabalhadores e das trabalhadoras”, afirma o sociólogo. “O PL 4330 é o mais virulento e forte ataque do empresariado aos direitos dos trabalhadores obtidos ao longo de um século e meio de lutas.”

Convite: Evento contra a Terceirização na Faculdade de Direito da USP

RENAPEDTS (Rede Nacional de Pesquisas e Estudos em Direito do Trabalho e da Seguridade Social) Na próxima quarta-feira será realizado um ATO PÚBLICO CONTRA A TERCEIRIZAÇÃO: MUITO ALÉM DO PL 4.330/04 São Paulo, 19 de abril de 2015    A RENAPEDTS (Rede Nacional de Pesquisas e Estudos em Direito do Trabalho e da Seguridade Social),

Top