Tag Archives: petrobras

CAIXA está sendo preparada para privatização, diz Meirelles

CAIXA está sendo preparada para privatização, diz Meirelles

CAIXA está sendo preparada para privatização, diz Meirelles

Pré-candidato à presidência da República, ex-ministro da Fazenda ligado ao sistema financeiro defende pulverização de capital dos bancos públicos e da Petrobras; bancários devem se mobilizar e acompanhar o debate eleitoral.

Dia Nacional de Lutas em Ponta Grossa (PR) | INTERSINDICAL

Dia Nacional de Lutas em Ponta Grossa (PR)

Em poucos dias, a mobilização dos caminhoneiros conseguiu parar o país e provocar um abalo sísmico no sistema político. Percorrem as margens de toda essa pulsão transformadora e avassaladora a disputa do movimento, via uma guerra ideológica – o que é comum em todo fenômeno espontâneo. O vazio está em demasia e muitos gritam para preenche-lo, sem conseguir, por enquanto, apropriar-se dele em sua completude.

Greve dos Petroleiros: refinarias são alvo de ação de militares

Greve dos Petroleiros: refinarias são alvo de ação de militares

Intervenção militar na greve dos petroleiros! Em uma ação de violação do direito de greve dos trabalhadores, militares do exército ocuparam, com ajuda de Policiais Militares, a Refinaria Henrique Lage (REVAP) localizada em São José dos Campos, Vale do Paraíba (SP) nesta manhã de quarta-feira (30).

Petroleiros na Baixada Santista

Greve dos Petroleiros: na Baixada Santista, Intersindical e Povo Sem Medo reforçam paralisação contra o aumento dos combustíveis e do gás

A Intersindical Baixada Santista, a diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, a Frente Povo Sem Medo, militantes do PSOL estão posicionados desde às 6h, no escritório central do Valongo, em Santos SP, participando da greve dos petroleiros da Baixada Santista.

Nota de apoio da Intersindical à greve dos Petroleiros

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora vem manisfestar seu apoio a greve de advertência de 72 horas anunciada pelos petroleiros a partir das meia noite de quarta-feira (30/05). A central compreende que é o momento de produzir a unidade da classe trabalhadora em defesa da Petrobras, isso passa por unificar as lutas entre os trabalhadores da produção, do transporte e os consumidores de combustíveis.

Chega de aumento dos combustíveis! Contra a repressão militar aos caminhoneiros! Em defesa da Petrobras!

Chega de aumento dos combustíveis! Contra a repressão militar aos caminhoneiros! Em defesa da Petrobras!

Os responsáveis diretos são Pedro Parente e Michel Temer que desde 2016 iniciaram a nova política de preços tendo como um dos eixos a paridade com os preços internacionais, o que na prática abriu a possibilidade de ajustes diários. Além disso, a diminuição da produção e a abertura do mercado nacional para a importação reforçam o objetivo claro de desmonte e privatização da Petrobras. Não a toa, no último mês, foi anunciado o plano de venda de quatro refinarias e doze terminais da Transpetro.

Decreto de Temer: privatização da Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras

Decreto de Temer prevê privatização da Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras

O ilegítimo “presidente” baixou, em meio ao feriado prolongado, o mais perverso decreto contra a soberania nacional e o patrimônio público. O Decreto 9.188, publicado na última sexta, dia 3, coloca a venda todas as empresas de economia mista, como a Petrobrás, Banco do Brasil e Eletrobrás.

Reforma política continua na agenda da Câmara nesta semana

Reforma política continua na agenda da Câmara nesta semana

A comissão especial que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) volta a se reunir nesta terça-feira (15) para concluir a votação de mudanças no texto do relator, deputado Vicente Candido (PT-SP). A reunião está marcada para as 14h30, em plenário a definir.

Câmara pode retomar votação de entrega do pré-sal

A votação mais polêmica da agenda do golpe contra o povo brasileiro na Câmara dos Deputados está prevista para acontecer na manhã desta terça-feira (18). Faltam votar os destaques que alteram o texto original do projeto (PL 4567/16), um lobby das grandes petrolíferas internacionais para ficar com a tecnologia de exploração e comercialização do pré-sal da Petrobras.

Câmara retoma votações com projeto que ameaça a soberania nacional da Petrobras

Na retomada dos trabalhos após as eleições, a Câmara dos Deputados tem sessões marcadas até a próxima quinta-feira (6) com projetos polêmicos, que sofrem forte resistência da oposição e dos movimentos sociais. É o caso do projeto de lei que retira da Petrobras o direito de participação mínima em 30% da exploração do pré-sal. A

Quinta-feira foi de manifestações em todo o país e ensaio para a greve geral

Em todo o país, movimentos sociais e centrais sindicais se uniram contra a retirada de direitos do governo Michel Temer em passeatas, paralisações de fábricas, campanhas de conscientização e atos de protesto. A Intersindical Central da Classe Trabalhadora reuniu seus militantes em diversas capitais do país. Edson Carneiro Índio, secretário-geral da Intersindical, lembra que “a

Paralisação pelo piso, carreira e em defesa da democracia no Pará

A paralisação nacional organizada pelas entidades sindicais e estudantis reuniu centenas de pessoas na manhã desta quinta-feira (22) para ato público com concentração no Mercado de São Brás. Com faixas e cartazes de protestos contra as políticas reducionistas dos direitos da classe trabalhadora os manifestantes seguiram em caminhada pela Avenida Nazaré até a Praça da

Dia Nacional de Paralisação: SINAI-RN e entidades saem às ruas de Natal para protestar contra os cortes de direitos dos trabalhadores

Nesta quinta-feira (22) o SINAI-RN se juntou a sindicatos, centrais sindicais, entre elas a Intersindical, e movimentos sociais e estudantis para marchar pelo Dia Nacional de Paralisação.  Em Natal foi realizada uma aula pública em frente ao IFRN Central. Na ocasião, os alunos do Instituto, juntamente com os trabalhadores de diversos segmentos, debateram acerca dos

Trabalhadores denunciam ataques a direitos em ato no centro de Vitória (ES)

Trabalhadores de diversas categorias se uniram na tarde desta quinta-feira, 22, para denunciar os ataques do governo Temer aos direitos trabalhistas, à Previdência Social e aos serviços públicos. Eles se concentraram na Praça Pio XII, no Centro de Vitória, e marcharam pelas ruas do Centro dialogando com a população sobre a necessidade de construir uma

Universidade de São Carlos tem paralisação unitária em seus quatro campi

Em São Carlos, a paralisação no Dia Nacional de Paralisações, Rumo à greve Geral segue unitária entre os docentes e técnicos administrativos da Universidade Federal de São Carlos. Pela manhã foi realizado um debate sobre Auditoria Cidadã da Dívida. A paralisação atingiu os quatro campus da universidade (Araras, São Carlos, Sorocaba e Buri) e pela tarde

Em Porto Alegre, PM tenta reprimir trabalhadores no Dia Nacional de Paralisações

Logo na madrugada, em Porto Alegre (RS), trabalhadores e trabalhadoras fizeram um piquete numa garagem da Companhia Carris de transporte público.  A Polícia Militar tentou reprimir a manifestação em ato no Dia Nacional de Paralisações, Rumo à greve Geral, mas os trabalhadores se reagruparam e continuaram em ato contra os ataques do Governo Federal e dos Governo Estadual

Químicos engrossam paralisação do dia 22 e reivindicam 14% de reajuste com aumento real

Químicos engrossam paralisação do dia 22 e reivindicam 14% de reajuste com aumento real

A pauta de reivindicações do setor Químico se soma a de outras tantas categorias pelo país nesta quinta-feira (22) contra a  retirada de direitos, contra o desmonte do serviço público, contra a reforma da Previdência, a suspensão de aposentadorias por invalidez, contra a reforma trabalhista, terceirização e jornada de trabalho de 12 horas, entre tantos ataques que o governo Michel Temer vem promovendo contra os trabalhadores e trabalhadoras brasileiros. Especificamente, os químicos aproveitam a data para reivindicar também 14% de reajuste (o que equivale a 5% de aumento real), R$ 2.000 como piso salarial e Participação nos Lucros e Resultados (PLR) equivalente ao valor de 2 pisos salariais reajustados.

Dia Nacional de Paralisação começa com manifestações de trabalhadores em diversas partes do país e repressão da PM

O Dia Nacional de Paralisação, Rumo a Greve Geral, Nenhum Direito a Menos já começou om a violência do Estado contra os trabalhadores que lutam contra a retirada de seus direitos, contra as Reformas Trabalhista e da Previdência do Governo Golpista de Michel Temer.

Trabalhadores cruzam os braços. Greve. Paralisação

Dia 22: cruzar os braços na defesa dos direitos e construir a greve geral

As mobilizações do dia 22/09 serão um importante passo na construção da greve geral e da resistência contra a agenda de retrocessos que o governo Temer quer impor. A Intersindical Central da Classe Trabalhadora, em conjunto com diversas outras centrais, entidades e movimentos sociais participa dessa construção unitária com a perspectiva de derrotar o desmonte do serviço público e dos direitos sociais que Temer prometeu ao grande capital e à direita em troca do apoio ao golpe que o levou, ilegitimamente, à presidência do país.

Greve Geral para barrar o desmonte do serviço público e a retirada de direitos

Alçado ao comando do país por meio de um golpe, perpetrado pelo grande capital e suas conexões na mídia, em setores do judiciário, no congresso e nos centros do império, Temer se esforça para mostrar aos donos do dinheiro e do poder de que é capaz de entregar tudo o que prometeu para se viabilizar como “presidente da república”. Por isso, o Fora Temer é uma necessidade que a cada dia vai sendo sentida por amplas camadas da sociedade

Votação de entrega do pré-sal ficará para depois do 1° turno das eleições municipais

Após forte mobilização de movimentos sociais, sindicatos, e principalmente petroleiros, líderes da base governista e da oposição na Câmara dos Deputados chegaram a um acordo para não votar a retirada da obrigatoriedade da Petrobras como operadora única do regime de partilha de produção em áreas do pré-sal na última terça-feira (13). Ficou acertado que o Projeto de Lei 4567/16, será apreciado somente depois do 1° turno das eleições municipais. Havia risco de votação ainda ontem.

Farsa e golpe: a canalhice a serviço dos bilionários!

Leia também: → Golpe consolidado. Hora de vencer a perplexidade e reunir forças para o combate de resistência! A maioria do Senado Federal acaba de chancelar a farsa e o golpe. A canalhice imperou. O ultraje à democracia e à Constituição Federal se constitui em declaração de guerra ao povo brasileiro. A Intersindical não apoiou a

Câmara dos Deputados

Semana crucial de luta na Câmara em defesa dos serviços e empresas públicas

Leia também: → Entrevista com Amauri Soares: PLP 257 e PEC 241 exterminam de vez com os direitos dos brasileiros → PLP 257/16: saiba o que foi votado e os próximos passos da matéria → 22 a 26/08 em SP: IV Congresso Internacional de Ciências do Trabalho, Meio Ambiente, Direito e Saúde – acidentes, adoecimentos e sofrimentos do mundo do

Audiência pública da Câmara sobre o pré-sal bloqueia trabalhadores petroleiros

O Plenário da Câmara dos Deputados debateu em audiência “pública” na última terça-feira (9) o projeto de lei que entrega as riquezas do pré-sal ao grande capital, ao acabar com a obrigatoriedade de a Petrobras participar como operadora de todos os blocos de exploração na camada do pré-sal. Dois petroleiros foram presos e manifestantes contrários

É hora de lutar e resistir contra a aprovação do PL 257

Câmara dos Deputados deve votar o PLP 257/16 na primeira semana de agosto

Leia também: → Câmara adia votação do PL 257/16 para a próxima semana → Vídeo (2m:52s): PLP 257 e PEC 241 – entenda os mais recentes ataques do governo golpista   As prioridades de votação na Câmara dos Deputados, a partir da próxima semana, serão o projeto de renegociação das dívidas dos Estados (Projeto de Lei Complementar (PLP)

Paulo Kliass | Petrobras: o golpe da privatização

Se comprar a Petrobrás já significa um grande negócio em qualquer circunstância, essa avaliação fica ainda mais tentadora em uma conjuntura de crise. A conjunção da crise política e da crise econômica ao longo dos últimos tempos tem contribuído para provocar uma preocupante paralisia nas atividades do conjunto do setor público brasileiro. Em particular, ganha

Texto-base que entrega pré-sal ao grande capital avança na Câmara

Os governistas descumpriram um acordo feito com a oposição  na quarta-feira para que o projeto não fosse analisado pelo colegiado nesta semana. Sob forte resistência de parlamentares da oposição, o texto-base do Projeto de Lei 4.567/16 – que retira a obrigatoriedade da Petrobras de participar da extração de petróleo da camada pré-sal – foi aprovado

Economista da Unicamp mostra explosão do investimento da Petrobras com pré-sal

Em 2013, investimento de R$ 90 bilhões representou mais que o dobro dos investimentos da Vale do Rio Doce mais 72 empresas nacionais de grande porte; estudo ajuda a avaliar impacto da Lava Jato Tese de doutorado do economista Marcelo Sartorio Loural, defendida no Instituto de Economia da Unicamp (IE), mostra que os investimentos da

Rebeldes e evasão fiscal: problemas da Chevron se acumulam

Esta notícia reforça os alertas da Aepet (Associação dos Engenheiros da Petrobras) com relação à importância da Operação Única do pré-sal pela Petrobrás para evitar a corrupção na medição fraudulenta da produção e dos custos de investimento e operação. Além das práticas usuais de evasão fiscal. Por Irina Slav, para Oilprice.com Sobreviver a crise dos

Marcos Verlaine | Governo e base estão desmontando o Estado brasileiro

Marcos Verlaine* Dizer que a Operação Lava Jato está paralisando os poderes Executivo e Legislativo constitui-se num tremendo equívoco. Pelo contrário! Está em curso, com força e desfaçatez, uma agenda conservadora e regressiva. É preciso denunciá-la, debatê-la e combatê-la, sob pena de retrocessos incomensuráveis. Enquanto alguns setores políticos e sociais protestam e combatem o ‘golpe’

Em seminário na Unicamp, Intersindical defende unidade para propor uma agenda que supere os ataques

Durante o seminário Crise e Alternativas para o Brasil, realizado ontem (15/06) no Instituto de Economia da Unicamp – Universidade Estadual de Campinas, o secretário geral da Intersindical Central da Classe Trabalhadora Edson Carneiro Índio defendeu a importância da unidade no movimento sindical e dos movimentos sociais para superar a posição defensiva em relação aos

Senado aprova entrega do pré-sal e exclusão de participação obrigatória da Petrobras

Por 40 votos a 26 e duas abstenções o Senado aprovou na quarta-feira (24) a revogação da participação obrigatória da Petrobras na exploração do petróleo no pré-sal. A proposta do senador José Serra (PSDB-SP), o PLS131/2015, tramitava em regime de urgência e segue agora para a Câmara dos Deputados. Após um acordo entre o PSDB,

Senado pode votar hoje fim da exclusividade da Petrobras no pré-sal

De autoria do senador José Serra (PSDB-SP), o PLS 131/2015 se configura como uma estratégia totalmente entreguista, uma vez que a venda atinge em cheio a soberania nacional. Os recursos naturais do Brasil devem estar a serviço dos interesses do povo e não do lucro privado. Além de que, os preços do petróleo estão sendo

Intersindical e Bancários de Santos repudiam prisão de petroleiros

A Intersindical – Central da Classe trabalhadora e o Sindicato dos Bancários de Santos e Região repudiam com veemência a repressão da Polícia Militar do Estado de São Paulo contra a manifestação pacífica realizada, dia 14/10, pelos petroleiros na porta da UTGCA, no bairro do Valongo, em Santos/SP. No ato, dois diretores do Sindicato dos Petroleiros do

Senado prevê pauta-bomba de votações nesta curta semana enquanto Câmara discute impeachment e saída de Cunha

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Em meio ao debate por conta da abertura ou não do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e da saída do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB), o Senado Federal aproveita para colocar em sua pauta de votações desta semana os projetos mais polêmicos das últimas décadas: a

Eduardo Cunha quer urgência em votação do PL 6726/13, que entrega concessões de petróleo ao capital privado

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Concessões de petróleo e ataque à previdência social estão na pauta da Câmara A pauta da Câmara dos Deputados desta semana contém mais uma etapa da ofensiva neoliberal: a entrega das riquezas nacionais do petróleo ao capital privado e o ataque aos direitos de aposentados e pensionistas. Deve ser

Petroleiros fazem dia de lutas contra desmonte da Petrobras

Intersindical participa da greve dos petroleiros no litoral paulista Dirigentes, militantes da Intersindical e do Sindicato dos Bancários de Santos e Região participaram, em conjunto com diretores do Sindipetro-LP e os petroleiros do litoral paulista, da greve de 24 horas, nesta sexta-feira (24/07), na Refinaria Presidente Bernardes, Terminal Pilões e Termoelétrica (Cubatão), UTGCA (Caraguatatuba), no

Contra privatização, Sindicato lança cartilha em defesa da Petrobras

Como uma das ferramentas de conscientização da categoria e da população, o Sindipetro-LP preparou uma cartilha com informações e dados que derrubam o argumento de que a Petrobras precisa vender ativos e concentrar recursos na produção de petróleo para salvá-la  de crise financeira, causada principalmente por endividamento e corrupção. No anúncio do Plano de Negócios e

Emanuel Cancella | Por que a Globo destila ódio contra a Petrobras

Emanuel Cancella O ódio das Organizações Globo à Petrobrás é tão grande que a empresa teve de veicular matéria paga quando recebeu o prêmio equivalente ao “Nobel” da indústria do petróleo, pela terceira vez, em 2015. No entanto, a estatal tem sido manchete diária na rádio, TV e jornal da família Marinho quando as notícias

Regras de pré-sal e reforma política em pauta no plenário do Senado

A semana será movimentada no Senado, com a realização de votações e debates importantes em plenário. Um dos assuntos em pauta é a participação da Petrobras na exploração do pré-sal, que será objeto de sessão temática no plenário, às 11h, nesta terça-feira (30). A discussão se dará a partir do Projeto de Lei do Senado

Top