pedro otoni

Em desindustrialização acelerada, o país caminha para a reprimarização e financeirização da sua economia. Segundo estudo o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi), coordenados pelos economistas Paulo Morceiro (USP) e Joaquim Guilhoto (OCDE), o Brasil registrou a terceira maior desindustrialização entre os 30 países analisados, ficando atrás apenas do Reino Unido e Austrália.

Proponho analisar neste artigo a relevância das eleições municipais de 2020 para a consolidação de posições do projeto autoritário no Brasil, no nível local. A hipótese que apresento é que haverá uma mobilização das base locais do bolsonarismo para a disputa eleitoral em 2020, e que este processo poderá contribuir para o fortalecimento do projeto autoritário em curso na medida que lideranças locais reacionárias eleitas terão os recursos políticos e financeiros provenientes dos gabinetes para garantir a ligação entre o projeto das lideranças nacionais e as expectativas da base da pirâmide reacionária.

O programa Conjuntura em Movimento debateu o que está em jogo na venda do Pré-Sal brasileiro, além da questão da soberania nacional e a decisão do STF sobre prisão em segunda instância que foram alguns dos assuntos que movimentaram a última semana.

No dia 06 de novembro acontecerá o megaleilão das reservas de petróleo e gás do pré-sal, chamado de cessão onerosa dos excedentes do pré-sal . Descubra porque este leilão é o pior negócio da história do Brasil.

O programa Conjuntura em Movimento desta semana bateu um papo com o professor de relações internacionais, Gilberto Maringoni, sobre o cenário atual da política internacional, as dificuldades dos Estados Unidos e o protagonismo da China no mercado mundial, e o recuo da extrema direita no mundo. Apresentação Pedro Otoni.

O presente artigo é o terceiro da série sobre a crise do Pacto Federativo Brasileiro. Nele serão apresentadas as razões pelas quais a Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF agride a autonomia dos entes federativo, reduzindo absurdamente a capacidade de governo de estados e municípios ao mesmo passo que amplia os privilégios econômicos do setor financeiro. 

A soberania brasileira sobre a Amazônia Legal é incontestável, para que seja assegurada, é necessário a defesa frente aos interesses internacionais, mas também regular e limitar as atividades predatórias do agronegócio e da mineração na região.

A Seguridade Social é uma conquista histórica do povo brasileiro, significa um conjunto de direitos sociais fundamentais para a manutenção da dignidade de milhões de brasileiros e brasileiras. Porém, a aposentadoria, que é uma das bases da seguridade está sob ataque com a PEC 06/2019. A seguir apresentamos o que está em jogo na luta …

CONJUNTURA EM MOVIMENTO #2: Defesa do direito à aposentadoria Leia mais »

Com o objetivo de analisar a conjuntura elaboramos uma série de artigos sobre o momento atual e as tarefas prioritárias da classe trabalhadora. Neste primeiro texto é apresentada uma proposta de caracterização do atual governo.

As intenções da Lava Jato são questionáveis, sua forma é nitidamente reprovável, porém, agora, existe base material para sua condenação.

Da construção do inimigo, o marxismo cultural e a Universidade, à trapaça olavista; da criação de porcos ao marxismo.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE lançou nesta quinta-feira (25) o Índice da Condição do Trabalho – ICT. Este indicador foi desenvolvido pela equipe técnica da instituição e tem como objetivo acompanhar e analisar as condições do mercado de trabalho brasileiro, tendo como base a realidade laboral.

O presente artigo trata do papel da Lei Kandir na interdição do Pacto Federativo. As Dívidas Públicas Estaduais, a Lei Kandir e a Lei de Responsabilidade Fiscal funcionam como as três cabeças da criatura mitológica que guardaria a porta do inferno, um cão chamado Cérbero.

Uma iniciativa importante que servirá para pressionar o parlamento e integrar a população no processo será o abaixo assinado que as centrais sindicais vão lançar essa semana em todo o País. Além de possibilitar a participação ativa da população, o abaixo assinado servirá como instrumento de diálogo e de debate com a sociedade.

DIREÇÃO NACIONAL DA INTERSINDICAL 2019/22 CARGO NOME Secretaria Geral Edson Carneiro Índio São Paulo/SP (licenciado) Secretaria de Finanças Nilza Pereira Osasco/SP Secretaria de Combate às Opressões Rita de Cássia Santos Lima Vitória/ ES Secretaria de Relações Internacionais Ricardo Saraiva BIG Santos/SP Secretaria da Juventude Trabalhadora Paula Coradi Vitória/ES Secretaria de Formação Política Edilene Santana Campinas/SP …

Direção Nacional eleita no 2º Congresso Nacional da Intersindical [2019/22] Leia mais »

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora convoca seu 2° Congresso, que se realizará de 15 a 17 de março em São Paulo, para debater a organização da classe na defesa da aposentadoria e dos direitos.

Se sobra dinheiro na Seguridade Social, para onde ele está indo? Para conseguir tirar dinheiro da Seguridade Social o Governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) criou no ano 2000 a Desvinculação de Receitas da União (DRU). Ela permite que o governo retire recursos que só poderia ir parar em áreas sociais, como no caso a Seguridade Social, e transferir para o pagamento de juros da dívida pública. É por isso que, na prática, não sobra dinheiro na Seguridade Social, porque o governo usa este recurso para engordar os bancos.

A vitória de Bolsonaro nas eleições de 2018 sinaliza para um novo momento da vida política do país. Devemos extrair lições e nos organizar para os desafios que se avizinham.

A Bolívia, por meio de investimentos públicos, reduz pela metade a taxa de desemprego nos últimos 12 anos.

No dia 13 de julho de 2017, há um ano, foi promulgada a Reforma Trabalhista (LEI Nº 13.467/2017), uma legislação que desmontou a estrutura de direitos do trabalhador que vigorou no país por 74 anos.

A disputa pelo controle da Petrobras e das reservas do Pré-sal nos últimos dias indica que a política energética está no centro do conflito político no país. O controle do petróleo brasileiro está em jogo, uma partida que se dá em em diferentes cenários (ou campos), no Congresso, no STF, na imprensa, na Bolsa de Valores e na sociedade em geral. Apresentamos a seguir a situação em alguns deles.