mst

Foram mobilizadas várias famílias de vários acampamentos da região que produzem os alimentos orgânicos e doaram o excedente de sua produção. Foram mais de 10 toneladas de alimentos. 

Iniciativa resulta da ação de solidariedade do Movimento em todo o Brasil durante a pandemia do novo coronavírus.

Em meio à jornada de luta das mulheres, movimentos do campo e da cidade marcham contra a política econômica de Bolsonaro e fecham Ministério da Economia em São Paulo.

Ação denuncia as políticas nefastas do governo Bolsonaro em relação à economia, terra e agricultura.

O despejo foi solicitado pelo Incra, e aceito pelo juiz federal da 24ª Vara Federal de Caruaru, que determinou imediata reintegração de posse.

TODA SOLIDARIEDADE À FAMÍLIA DO TRABALHADOR SEM TERRA LUIZ FERREIRA DA COSTA E A TODOS MORADORES DO ACAMPAMENTO MARIELLE VIVE, DO MST

Três anos depois, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora volta a reunir suas lideranças sindicais e populares de todo o país para realizar seu Congresso Nacional. Neste ano, marcado pela consolidação do Golpe de 2016, a ofensiva contra os trabalhadores e o avanço do imperialismo sobre o Brasil e a América Latina, os eixos do Congresso são “Democracia, Direitos e Soberania”.

O evento reúne diversas atividades voltadas para o modelo sustentável e ecológico e ainda promove plantio de 200 mudas.

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora vêm publicamente manifestar seu apoio à permanência das 450 famílias de trabalhadores rurais que se encontram a mais de 20 anos na posse produtiva da área do Quilombo Campo Grande no município de Adrianópolis, sul de Minas Gerais.

Na noite desta terça-feira (30), o acampamento Irmã Dorothy, localizado em Tamboril, Ceará, foi incendiado. De acordo com os acampados, quatro homens se aproximaram, atearam fogo perto dos barracos e saíram correndo aos gritos.

A área ocupada possui mais de 4,5 mil hectares de terra pública compreendido entre os municípios de Mogi Guaçu, Araras, Conchal e Aguaí.

Além de mais de 200 toneladas de alimentos orgânicos e sem agrotóxicos produzidos em 23 estados do Brasil, trazidos à capital paulista por cerca de 800 feirantes oriundos de cooperativas rurais e propriedades familiares, o evento contará ainda com intensa programação cultural de quinta-feira a domingo.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra ocupou na manhã desta quarta-feira, 18|04, a Fazenda Bom Jesus, localizada na Estrada da Produção, à 5 km de Montes Claros, Norte de Minas Gerais.

Deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) quer excluir proteção de movimentos da Lei Antiterrorismo; em Mato Grosso, fazendeiros ameaçam matar militantes sem-terra que façam ocupações

Na tarde desta quarta-feira (6), por volta das 16h30, dois homens armados cercaram o dirigente do MST, Silvio Netto, apontando armas contra sua cabeça. Silvinho, como é conhecido, voltava da área Quilombo Campo Grande (antiga Usina Aridnópolis), onde é assentado, quando os homens o obrigaram a parar o carro e realizaram as ameaças.

O SINTEPP esteve na tarde desta segunda-feira (17) na abertura do XVII Encontro Estadual dos Sem Terrinhas, que ocorre no período de 17 a 19.10, na Universidade Federal do Pará, em Belém, e promove a integração e formação política e social entre crianças dos acampamentos e assentamentos de nosso Estado.

A luta faz parte da Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária que acontece em todo o Brasil, desde o dia 16 de outubro, quando se comemora o Dia Mundial da Alimentação em Defesa da Soberania Alimentar, e tem por objetivo denunciar os retrocessos na Reforma Agrária promovidos pelo Governo Golpista, como cortes no orçamento de 2018, desmantelamento das políticas públicas, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além da perda dos direitos trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores e das trabalhadoras rurais e o aumento da grilagem de terras.

O MST no estado do Rio Grande do Sul denunciou, através de um comunicado, a injustiça cometida pelo Tribunal de Justiça ao conceder, em caráter liminar, liberdade ao policial que assassinou o trabalhador Sem Terra Elton Brum, em 2009.

A cada dia sob a quentura da lona, o desconforto com a injustiça aumentava e isso refletia na organização de novas ocupações e na resistência das famílias.

Na manhã desta segunda-feira (21), cerca de 60 famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam parte da “Fazenda do Estado”, pertencente ao Polo Regional do Vale do Paraíba da Agência Paulista de Tecnologia do Agronegócio (APTA), no município de Pindamonhangaba.

Desde 2016, o golpe em curso no Brasil tem mostrado suas garras na devastadora retirada de direitos contra a classe trabalhadora. O Congresso Nacional, o Judiciário, o MPF, tem sido utilizados como instrumentos do grande capital para acelerar o ritmo da precarização da vida dos trabalhadores e trabalhadoras e para perseguir aqueles e aquelas que lutam.

Desde 2016, o MST vem denunciando a relação espúria entre o presidente Michel Temer e o Coronel Lima, citado na delação da JBS

O ano passado foi o segundo mais violento em conflitos de terra nos últimos 25 anos, atrás apenas de 2003, de acordo com o relatório “Conflitos no campo 2016”, publicação anual da Comissão Pastoral da Terra (CPT) desde 1985.

25 de julho, Dia do Trabalhador Rural. Milhares de trabalhadores rurais ocuparam nesta terça-feira (25), Dia do Trabalhador Rural, fazendas ligadas a processos de corrupção ou a corruptos, e exigem a destinação das terras para assentamento de famílias sem terra, a saída dos golpistas instalados no Planalto e a convocação de eleições diretas.

O acampamento Maria da Conceição – 8 de Março realizou nesta segunda-feira, 17, um trancamento na BR 381, na altura de Santa Terezinha, município de Itatiaiuçu, com objetivo de denunciar o despejo iminente das 600 famílias que residem no local. A área pertence à Eike Batista e foi ocupada durante a jornada nacional de lutas das mulheres. 

Nos últimos dias, as 300 famílias do Acampamento Hugo Chaves vêm sofrendo uma série de ameaças e violências, como incêndio criminoso das suas lavouras e disparos de tiros de arma de fogo. Todos sabem o desfecho dessas ações dos fazendeiros e do agronegócio, como vêm ocorrendo sistematicamente na região, com assassinato de trabalhadores rurais.   

Intersindical Paraná: com presença da Direção Nacional, lançamento da seção paranaense da Central Sindical acontece neste sábado, a partir das 18h, no acampamento Maria Rosa do Contestado, em Castro.

O MST no estado do Pará emitiu na tarde desta quarta-feira (21) uma nota contextualizando o conflito por terras na região de Curionópolis. No último dia 19, as famílias que produzem nas terras reocuparam o local onde fica o Acampamento Frei Henri.

Ex-funcionários do jornal Hoje em Dia, de Belo Horizonte, ocuparam o prédio onde funcionava a sede do periódico, no bairro de Santa Efigênia, na capital mineira. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) também participam da ocupação.

O presidente Michel Temer recebeu R$ 1 milhão em propina, em uma caixa, por meio de seu amigo João Baptista Lima Filho. Pelo menos é o que diz a JBS. O Estadão informa, nesta segunda-feira, que os irmãos Wesley e Joesley Baptista fizeram um dossiê – o Relatório Argeplan – contra o coronel reformado, dono da fazenda onde foi articulado o impeachment de Dilma Rousseff e da Argeplan, empresa investigada na Lava-Jato.

Delegados de mais de 80 organizações de 22 países latino-americanos, reunidos na Assembleia Continental do Cloc-Via Campesina, na Colômbia, divulgaram no encontro uma carta em solidariedade aos povos indígenas, quilombolas e camponeses que vivem no Brasil. No texto, organização afirma ser responsabilidade do governo aumento da violência no campo, contra povos indígenas, quilombolas e campesinos.

A 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária, que começou nesta quinta-feira (4) e vai até o domingo (7) no Parque da Água Branca, em São Paulo, tem na programação uma série de seminários, conferências e um espaço literário dedicados a ampliar o debate sobre a alimentação saudável e as muitas dimensões da luta pela Reforma Agrária Popular.

Essa vai ser a A 2° Feira Nacional da Reforma Agrária acontece entre os dias 4 e 7 de maio no Parque da Água Branca, em São Paulo (SP).

Nós, da LAB, sindicato de classe do país Basco, enviamos uma mensagem de solidariedade à classe trabalhadora do Brasil e ao povo brasileiro que está prestes de fazer um enfrentamento com greve geral no dia 28 de abril – contra as reformas trabalhistas do governo Temer que quer, entre outras coisas, para aumentar a idade de aposentadoria, dificultar e cortar o acesso às pensões, precarizar os empregos… enfim, adotar as mesmas medidas que nós daqui também padecemos com o Governo do estado espanhol.

Na manhã do dia 30/03, o companheiro Miguel Luz Serpa, assentado na região de Iaras – SP, militante do MST, foi preso na Delegacia de Polícia de Iaras, durante um depoimento.

O MST no estado do Pará emitiu na tarde desta segunda-feira (20) uma nota para se solidarizar com a família do militante Waldomiro Costa Pereira, que foi assassinado esta madrugada no Hospiotal Geral de Parauapebas, no interior do estado.

Após realizarem protesto contra a reforma da Previdência proposta pelo governo Temer, aproximadamente 80 mulheres camponesas organizadas no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) são mantidas encarceradas dentro de um ônibus pela Polícia Militar (PM-GO).

Na manhã desta terça-feira (07), cerca de 1500 trabalhadoras rurais Sem Terra, ocuparam a unidade de fertilizantes da empresa Vale em Cubatão, às margens da Rodovia Cônego Domênico Rangoni, a 40 Km da capital do estado de São Paulo.

Desde a última terça-feira (21) se desenrolou no Tribunal do Júri em Curitiba, Paraná, o julgamento do ruralista Alessandro Meneghel, acusado de ter matado o Policial Federal Alexandre Drummond, em 2012. A sessão terminou na madrugada desta quinta-feira (23).

O Acampamento Riacho de Pedra no município de Gameleira, Zona da Mata sul de Pernambuco, foi atacado na noite deste domingo (12). Camponeses relatam que, em torno das 22h, dois carros se aproximaram do acampamento e dispararam armas de fogo contra os acampados, que fugiram. Em seguida os atiradores atearam fogo em todos os barracos e pertences dos acampados. Os agricultores aguardavam posicionamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que prometera se posicionar em março.

Mais de 70 famílias Sem Terra acampadas no município de Atalaia, no acampamento São José, antiga Fazenda São Sebastião, sofrem nova ameaça de despejo, anunciado para esta quarta-feira (15), da área em que vivem sob a lona preta desde o ano de 2004.

“Os jovens representam a mística da luta pela Reforma Agrária e tudo que ela propõe, como saúde, educação, esporte e lazer”, destacou Valquiria Maria, da direção estadual do MST, durante ocupação realizada na manhã dessa segunda-feira (06) à Prefeitura Municipal do Prado, localizada no Extremo Sul da Bahia.

Em relação às ações da Polícia Civil do estado do Paraná no âmbito da denominada “Operação Castra” em Quedas do Iguaçu no dia 04/11/2016, os advogados do caso esclarecem:

Os policiais chegaram por volta das 09h25, pularam o portão da Escola e a janela da recepção e entraram atirando em direção às pessoas que se encontravam no local Na manhã desta sexta-feira (04), cerca de 10 viaturas da Polícia Civil invadiram a Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF) em Guararema, São Paulo. De acordo os …

Policia invade ENFF sem mandado de busca e apreensão Leia mais »

Mais de dezoito anos separam a morte do trabalhador rural sem-terra Sebastião Camargo e a condenação do assassino, o presidente da União Democrática Rualista (UDR), Marcos Menezes Prochet. Após quase 15 horas de júri popular, realizado nesta segunda-feira (31), em Curitiba, Prochet foi condenado a 15 anos e 9 meses de prisão. O ruralista foi levado preso, mas deve recorrer da decisão.

O MST obteve uma importante vitória diante da onda de criminalização da política que avança no país com a decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), nesta terça-feira (18/10), de rejeitar o enquadramento de movimentos populares na lei de organização criminosa. O Plenário do STJ seguiu o relatório do ministro Sebastião Reis, que defendeu a …

Nota do MST sobre julgamento do STJ sobre caso de criminalização em Goiás Leia mais »

Nesta quarta-feira (05/10), policiais militares cumpriram mandado de reintegração de posse do Acampamento Filhos da Luta, em Santa Maria da Boa Vista, região do Sertão do São Francisco no estado de Pernambuco.

Na manhã de hoje, cerca de 200 famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais sem terra, do MST, ocuparam a fazenda Ouro Verde, em Itirapuã, próxima ao município de Franca-SP. A fazenda é objeto de ação federal por crime contra a liberdade individual. Em 2013, a Polícia Federal e o Ministério Público do Trabalho libertaram 28 …

MST ocupa fazenda Ouro Verde, em Itirapuã, interior de São Paulo. Leia mais »

Trabalhadores rurais ligados aos movimentos sociais do campo ocuparam nesta segunda-feira (5) a entrada do Ministério do Planejamento, em Brasília, em protesto contra a reforma da Previdência que igualará as regras para a aposentadoria do trabalhador rural e urbano. Participam do protesto militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento dos Pequenos Agricultores …

Rurais fazem manifestação em Brasília contra a reforma da Previdência Leia mais »

O Comitê pela Democratização da Comunicação do Distrito Federal realizará, no dia 23 de julho, o seminário Liberdade de Expressão e Criminalização em Tempos de Golpe, para discutir a criminalização dos movimentos sociais, o cerceamento à liberdade de expressão, o papel da mídia na ruptura democrática, o direito de resposta e a vigilância na internet …

Seminário “Liberdade de expressão em tempos de golpe” vai discutir a criminalização dos movimentos sociais Leia mais »

A cronologia dos fatos aponta para irregularidades na investigação da Polícia Militar e vai contra a versão apresentada pela polícia. O ataque promovido pela Polícia Militar a trabalhadores rurais sem terra, no último dia 7, em Quedas do Iguaçu/PR, é  contado em cronologia construída a partir da coleta de depoimentos das vítimas. As falas revelam …

MST – Cronologia aponta massacre de trabalhadores rurais em Quedas do Iguaçu: Polícia Militar emboscou e atirou para matar Leia mais »

Na tarde de quinta-feira (07/04), famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), organizadas no Acampamento Dom Tomas Balduíno, no município de Quedas do Iguaçu, região centro do Paraná, foram vitimas de uma emboscada realizada pela Policia Militar do Estado e por seguranças contratados pela empresa. O acampamento, cuja ocupação teve início em maio …

Nota do MST: Polícia Militar e pistoleiros atacam famílias Sem Terra e assassinam dois trabalhadores do MST, no Paraná Leia mais »

No domingo, 3 de janeiro, o programa de televisão Fantástico, da Rede Globo, denunciou a posse e a venda irregular de lotes da Reforma Agraria. A reportagem utilizou como base a investigação e o relatório finalizado pela CGU (Controladoria Geral da União), envolvendo casos desde o ano de 2000. Para a CGU, há 76 mil lotes …

Nota do MST sobre a ocupação irregular de lotes na reforma agrária Leia mais »

Mais 150 famílias do MST ocuparam a Fazenda Agril, cuja área tem mais de 8 mil ha e é utilizada para desviar água do Rio Doce e abastecer a fábrica da empresa. Na última sexta feira (20), mais 150 famílias do MST ocuparam a Fazenda Agril da Fíbria, cuja área tem mais de 8 mil ha e é utilizada para …

MST realiza ocupação em propriedade da Fibria no ES Leia mais »

Empresa suíça produtora de transgênicos e agrotóxicos, a Syngenta Seeds foi judicialmente responsabilizada pelo assassinato do trabalhador rural Valmir Mota de Oliveira (conhecido como Keno), e pela tentativa de assassinato de Isabel do Nascimento de Souza.

Pedro Corrêa está preso, condenado a 7,2 anos de prisão por corrupção ativa Cerca de 100 famílias Sem Terra ocuparam, na manhã deste domingo (27), a Fazenda Nova Esperança, no município de Brejo da Madre de Deus, à 200 quilômetros de Recife (PE). A fazenda de cerca de 2 mil hectares é propriedade da família do ex-deputado …

Sem Terra ocupam fazenda improdutiva do ex-deputado Pedro Corrêa, em PE Leia mais »

Desta vez foi ocupada a Fazenda Mutum, em Glória D´Oeste. Mato Grosso é um dos Estados com maior índice de concentração fundiária, o que acarreta diversos problemas sociais e ambientais. Cerca de 300 famílias Sem Terra ocuparam na manhã desta segunda-feira (20) a Fazenda  Mutum, no município de Glória D´Oeste, em Mato Grosso, a 320 …

Cerca de 300 famílias ocupam o segundo latifúndio no MT em uma semana Leia mais »

Mais de 1.000 Sem Terra de centenas de assentamentos e acampamentos de todo o Brasil ajudaram a levantar a Escola Nacional Florestan Fernandes há dez anos. Foram mais de 1.000 pessoas, entre homens e mulheres, organizadas em 25 brigadas de trabalhadores voluntários de 112 assentamentos e 230 acampamentos de diversos estados brasileiros. Esse foi o …

Dez anos de ENFF, um sonho construído a muitas mãos Leia mais »

Após uma hora de rasantes sobre as famílias Sem Terra, avião em que Genil estava caiu próximo ao acampamento, no município de Tumiritinga (MG). Ao longo da tarde desta terça-feira (14), dois aviões atacaram o acampamento montado por cerca de 200 famílias Sem Terra na Fazenda Casa Branca, no município de Tumiritinga (MG). Segundo o …

Nota do MST sobre o acidente de avião do prefeito Genil Mata da Cruz Leia mais »