michel temer

Reforma da Previdência: projeto de Bolsonaro é pior do que Temer

Reforma da Previdência: projeto de Bolsonaro é pior do que Temer; trabalhadores barraram o primeiro e vão barrar o segundo!

Com o anúncio do secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, na tarde desta quinta-feira (14), a Reforma da Previdência do governo Bolsonaro e Paulo Guedes começa a ganhar forma. Marinho confirmou que o governo quer acabar com a aposentadoria por tempo de contribuição e passar a exigir idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres. O secretário ainda anunciou um tempo de transição de dez a doze anos.

Fracasso de Temer joga Reforma da Previdência no colo de Bolsonaro

Fracasso de Temer joga Reforma da Previdência no colo de Bolsonaro

Mas um dos destaques da “ponte para o futuro” ficou para trás. Temer não conseguiu apoio social e parlamentar para aprovar a Reforma da Previdência Social nestes dois anos e meio. A tarefa – ingrata, devido à rejeição popular – foi repassada a seu sucessor Jair Bolsonaro e agora volta ao centro do debate nacional. Até o momento, o presidente eleito e sua equipe não definiram uma proposta definitiva de Reforma da Previdência, mas mostram alinhamento ao projeto de Temer e acenam para modelos mais drásticos, como o chileno, de privatização da aposentadoria.

10 DE AGOSTO: Basta de ataque à democracia

O único motivo para a condenação é impedir que Lula seja candidato à presidência da república, já que é ele o líder de todas as pesquisas de intenção de voto.

MP da reforma trabalhista: Mais uma MENTIRA do governo Temer

MP da reforma trabalhista: Mais uma MENTIRA do governo Temer

Promessa de Temer para aprovar reforma trabalhista no Senado sem alterações, Medida Provisória 808 está prestes a caducar; Com isso, entre outros prejuízos, grávidas poderão trabalhar em ambientes insalubres mesmo sem autorização médica.

Nota da Intersindical-RJ em repúdio à intervenção militar no Rio de Janeiro

Nota da Intersindical-RJ em repúdio à intervenção militar no Rio de Janeiro

A crise da segurança pública no RJ é demonstração clara de que a política de guerra as drogas fracassou, gerando como consequência perversa o genocídio da juventude negra nas favelas. O emprego das Forças Armadas para tratar a segurança pública já aconteceu no contexto dos megaeventos no Rio de Janeiro sem haver sequer melhora no quadro de violência.

O golpe piorou a vida do povo

Golpe piorou a vida do povo

A vida do povo piorou após Temer dar o golpe contra a classe trabalhadora. Mais de 12 milhões de desempregados, outros 37 milhões vivendo no subemprego, muitos só no bico, sem nenhum direito trabalhista. Quem ainda tem emprego, recebe salário arrochado, insuficiente pra viver com dignidade.

Trabalhadores escracham Temer e Alckmin em visita a Campinas

Trabalhadores escracham Temer e Alckmin em visita a Campinas

O presidente golpista Michel Temer (PMDB) e seu aliado tucano, o governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) foram recebidos em Campinas com uma manifestação em protesto contra a reforma da Previdência, que impedirá o direito à aposentadoria dos/as brasileiros/as.

Baixe o jornal e saiba como Temer quer o fim da APOSENTADORIA

19 FEV – DIA DE LUTA: greves, paralisações e manifestações em todo país! CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O JORNAL DA INTERSINDICAL OU LEIA ONLINE. Pressão total sobre os deputados. Do voto do deputado na reforma, dependerá o voto  do povo trabalhador nas eleições. Se votar, não volta!

Temer quer o fim da aposentadoria pra entregar previdência pros bancos!

Temer quer o fim da aposentadoria pra entregar previdência pros bancos!

19/02: Dia de Luta com greves, paralisações e manifestações em todo o país. Temer, banqueiros e a mídia jogam sujo pra acabar com seu direito a aposentadoria. Querem desmontar a previdência e entregá-la aos bancos. E já marcaram até a data pra tentar enterrar sua aposentadoria: dia 28/02, quando ameaçam votar a deforma da previdência.

Dívida pública e gastos com juros

Dívida pública e gastos com juros

O ano começou com algumas notícias que os responsáveis pela área de economia dos grandes meios de comunicação aguardavam com bastante ansiedade. Afinal de contas, apresenta-se como árdua e inglória a tarefa de defender e elogiar um governo cuja popularidade anda tão baixa, que chega até mesmo a se confundir com a margem de erro das pesquisas de opinião.

Paulo Kliass - A Previdência Social entre o desespero e a cafajestice

Paulo Kliass | A Previdência entre o desespero e a cafajestice

As estatísticas oficiais relativas ao Regime Geral da Previdência Social (RGPS) sempre foram objeto de polêmica e controvérsia. A divulgação de números e informações a respeito do sistema gerido pelo INSS implica um sem número de hipóteses que nem sempre conseguem alcançar o status de consenso ou mesmo de maioria entre os especialistas. No entanto, isso faz parte do jogo democrático e do debate plural em uma sociedade que amadurece seus sistemas de políticas públicas.

Trabalhadores vão às ruas em defesa da democracia, pelo direito de Lula ser candidato e contra a agenda do grande capital

Trabalhadores vão às ruas em defesa da democracia, pelo direito de Lula ser candidato e contra a agenda do grande capital

Milhares de trabalhadores foram às ruas nesta quarta-feira (24) em defesa da democracia e de Lula ser candidato. Em São Paulo, a INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora, juntamente com a Frente Povo Sem Medo e diversos movimentos populares de trabalhadores e trabalhadoras lotaram a Praça da República em defesa da democracia e contra as reformas trabalhista e da Previdência!

Aposentadoria fica. Mobilização social permanece necessária!

Aposentadoria fica! Mobilização social permanece necessária

Aposentadoria fica! Na tarde desta quinta-feira (14), o Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, foi forçado pela pressão popular, a admitir não ter os votos necessários para acabar com o direito de milhões de pessoas a aposentadoria, adianto a votação da Reforma da Previdência Social.

dividas milionárias do agronegócio

Escândalo: Temer perdoa dividas milionárias do agronegócio

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu, nesta terça-feira (12), a votação do PL 9.206/17, que permite o parcelamento de dívidas de produtores rurais (pessoas físicas, cooperativas e intermediários) com descontos e diminui a contribuição social sobre a receita bruta devida pelo setor a título de contribuição previdenciária dos trabalhadores rurais. A matéria será enviada ao Senado. Na Agência Câmara.

Previdência social Não é reforma. É o fim da aposentadoria!

Não é reforma. É o fim da aposentadoria!

Michel Temer, a maioria do congresso e a grande mídia retomaram nesta semana uma brutal ofensiva contra a previdência social. Manipulações, mentiras, propagandas milionárias, terrorismo fiscal, tudo para convencer a população a aceitar a reforma da previdência – na verdade, desmonte.

Temer reduz salário mínimo para 2018 | INTERSINDICAL

Temer reduz salário mínimo

O Ministério do Planejamento informou, na última segunda-feira (30), que o governo baixou novamente a previsão para o salário mínimo de 2018, passando de R$ 969 para R$ 965.

MP 805/17: Temer aumenta contribuição e cancela reajustes de servidores

Temer aumenta contribuição de servidores e cancela reajustes salariais

Nesta terça, 31, Temer enviou ao Congresso Nacional a Medida Provisória (MP) 805/17 aumentando a contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14%. Além de tungar o salário do funcionalismo, o ilegítimo ainda mandou cancelar reajustes salariais já acordados com os servidores.

Paulo Klias: Por um referendo revogatório

Paulo Kliass | Por um referendo revogatório!

O ritmo alucinante de escândalos envolvendo Michel Temer e a marca de um ano para as eleições presidenciais de 2018 são alguns dos elementos que contribuem para que o debate a respeito de alternativas de projeto de país comece a ganhar espaço nos meios de comunicação.

Santander, Sérgio Rial e os jagunços do Mercado - INTERSINDICAL

Santander, Sérgio Rial e os jagunços do Mercado

Entusiasta das Reformas Trabalhista e Previdenciária, Rial encontra nelas um campo livre para contratar por hora (trabalho intermitente), terceirizar, pejotizar e explorar de forma selvagem o bancário. Livra-o de direitos trabalhistas e da justiça do trabalho. Rial não tem compromisso com o Brasil e os trabalhadores  

Após livrar Temer, Câmara mira previdência e serviço público

Após livrar Temer, Câmara mira previdência e serviço público

O povo brasileiro assistiu a mais um espetáculo cínico da Câmara dos Deputados. Apenas 233 deputados votaram pelo prosseguimento das investigações de Temer e seus dois ministros. Eram necessários 342 votos para abertura do processo no STF. De verbas, cargos, a liberação do trabalho escravo, tudo foi feito para garantir os 251 votos obtidos pelo governo.

25 de outubro - FORA TEMER na Avenida Paulista

HOJE: FORA TEMER na Av. Paulista!

Nessa quarta-feira (25) vamos juntos dizer que basta de Michel Temer! Estamos indo de volta à escravidão, cada vez mais bandidos protegidos pelo sistema político mandam e desmandam de acordo com seus interesses, vendendo o Brasil, desmontando a educação, a ciência e toda política de amparo às periferias e aos pobres.

Temer na ONU: cinismo a serviço do rentismo e do conservadorismo

Temer na ONU: cinismo a serviço do rentismo e do conservadorismo

Da tribuna da Assembleia-Geral da ONU, o velhaco Michel Temer repete o enredo farsesco que a ninguém engana. Já no início do discurso oco, o ilegítimo atenta contra a inteligência mundial ao “condenar” a discriminação, opressão e miséria. Logo ele, responsável por um governo tão retrógado e reacionário, a exemplo, entre uma infinidade de medidas, da reforma trabalhista recentemente aprovada que joga milhões de pessoas na miséria do subemprego e na ultra precarização que aflige, principalmente, negros, mulheres, trabalhadores/as LGBT e demais setores oprimidos pela exploração.

Frei Betto - Grito dos Excluídos | INTERSINDICAL

Frei Betto | Grito dos Excluídos

Há décadas o 7 de setembro, data da independência do Brasil em relação à coroa portuguesa, é comemorado pelas pastorais sociais de Igrejas cristãs e movimentos sociais de nosso país como o dia do Grito dos Excluídos.

É hora de pressionar os políticos pela Amazônia

É hora de pressionar os políticos pela Amazônia!

Com apenas um decreto, Temer colocou à venda uma das maiores reservas ambiental do mundo. E pior: empresas de mineração estrangeiras já tinham acesso a essa informação meses antes do anúncio oficial.

Privatizações de Temer DIEESE publica relatório e aponta recessão

Privatizações de Temer: DIEESE publica relatório e aponta recessão

Segundo o documento ‘Alguns Comentários sobre a Situação Fiscal e as Privatizações do Governo Temer’, esta política não irá recuperar a economia. Em vez disso, a probabilidade é de colocar o país numa espiral recessiva sem fim. Com investimento e gasto privados travados pelos juros reais altos e expectativas pessimistas.

Governo extingue reserva nacional de cobre da Amazônia para liberar extração

Governo extingue reserva natural de cobre da Amazônia para liberar extração

O retrocesso ambiental perpetrado por Michel Temer, que na quarta-feira (23) publicou um decreto que extingue a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), na Amazônia,  é tão descarado que está provocando protestos de políticos, ambientalistas, especialistas no setor e até da comunidade internacional.

Temer vai privatizar a Casa da Moeda | INTERSINDICAL

Temer vai privatizar a Casa da Moeda

No que depender deste governo golpista e entreguista, a emissão de papel moeda, passaportes, selos postais e diplomas estará nas mãos da iniciativa privada. O anúncio foi feito na quarta-feira (23).

Lima: o coronel de Michel Temer | INTERSINDICAL

Lima: o coronel de Temer

Desde 2016, o MST vem denunciando a relação espúria entre o presidente Michel Temer e o Coronel Lima, citado na delação da JBS

Novo alvo dos governistas sem escrúpulos é acelerar a Reforma da Previdência

Novo alvo dos governistas sem escrúpulos é acelerar a Reforma da Previdência

A ordem do grande capital agora é acelerar a Reforma da Previdência que está parada na Câmara. Para isso, Temer conta com o apoio irrestrito do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ), que já se comprometeu a colaborar para que o governo recomponha a sua base, de modo a garantir os 308 votos necessários para aprovar a Reforma da Previdência.

Veja os nomes dos deputados que absolveram Michel Temer

Veja os nomes dos deputados que absolveram Michel Temer

Veja a lista dos nomes dos Deputados que absolveram Michel Temer. Como já publicado pela Intersindical, pelo menos 238 congressistas são alvos de investigações criminais no Supremo Tribunal Federal (STF). Destes, ao menos 190 participam da votação da denúncia criminal na noite de desta quinta-feira (02/08).

Governo cancela 180 mil auxílios-doença

Governo cancela 180 mil auxílios-doença

Levantamento do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) aponta que, após realizar 200 mil perícias, o governo decidiu cancelar 180 mil auxílios-doença. Com isso, diz a pasta, será possível economizar R$ 2,6 bilhões por ano.

Governo Temer bate recorde de impopularidade

Governo Temer bate recorde de impopularidade: 94% de reprovação

Pesquisa Pulso Brasil feita mensalmente pelo instituto Ipsos reforça a ilegitimidade do Governo Temer na presidência do Brasil. O golpista conseguiu bater o recorde de rejeição popular, com 94% de desaprovação de seu governo, sendo a pior avaliação do governo federal desde abril de 2005.

Temer negocia direitos favores políticos Conselho Indígena de Roraima

Temer negocia nossos direitos em troca de favores políticos, denuncia Conselho Indígena de Roraima

Em carta direcionada ao procurador geral da república, Rodrigo Janot, Conselho Indígena de Roraima (CIR) pede que a Procuradoria Geral da República (PGR) tome “providencias necessárias e urgentes contra a efetividade de qualquer ato administrativo dos itens inconstitucionais”. O CIR denuncia a inconstitucionalidade do parecer emitido ontem (20) pela Advocacia Geral da União e assonado pelo presidente da República. O embasamento para o parecer corresponde a Ação 3388/RR, que decidiu a demarcação da Terra Indígena (TI) Raposa Serra do Sol (RR), em 2009.

Governo quer abafar conflitos em nome de interesses econômicos

Governo quer abafar conflitos em nome de interesses econômicos

Após os conflitos públicos gerados entre o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os rumores que seguiram desde que o deputado trouxe sinais de que seria favorável ao afastamento do mandatário, com o desgaste de sua imagem e o pós das reformas conquistadas no Congresso, ambos tentam recuperar o diálogo.

The Guardian diz que ‘Brasil pode voltar ao mapa da fome’ com medidas de austeridade fiscal de Temer

The Guardian diz que ‘Brasil pode voltar ao mapa da fome’ com medidas de austeridade fiscal de Temer

O jornal britânico ‘The Guardian’ publicou nesta quarta-feira (19) uma reportagem sobre a situação econômica do Brasil no qual sustenta que as medidas de austeridade de Michel Temer aumentarão a pobreza do país e poderão colocá-lo de volta no ‘mapa da fome’. “O Brasil caiu em sua pior recessão por décadas, com 14 milhões de pessoas desempregadas”, destaca o texto.

Denúncia contra Temer e reforma da Previdência serão destaques após recesso parlamentar

Denúncia contra Temer e reforma da Previdência serão destaques após recesso parlamentar

Terminou oficialmente nesta segunda-feira (17) o primeiro semestre de trabalhos no Congresso Nacional, que entregou a reforma trabalhista, mas não a da Previdência. Com a apresentação da denúncia de corrupção passiva contra Michel Temer, a reforma da Previdência ficou em segundo plano. Mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), tem dado declarações de que após votar a denúncia contra Temer vai fazer tramitar a reforma da Previdência.

Manifestação 10/07, no MASP: Não a Reforma Trabalhista!

Segunda, dia 10, no MASP: Não a Reforma Trabalhista!

A Intersindical se soma à decisão da Frente Povo Sem Medo para impulsionar as mobilizações no dia 10/07 nas capitais e cidades médias, com destaque para as bases eleitorais dos senadores. Não a Reforma Trabalhista! Fora Temer! Diretas Já!

Quais as ameaças da lei da terceirização?

Quais as ameaças da lei da terceirização?

O procurador geral da República, Rodrigo Janot ajuizou a lei da terceirização. Mas quais são as ameaças desta lei? Entenda como a lei da terceirização afeta os trabalhadores, segundo o diretor do Sintaema, Anderson Guahy.

A "crise estável" é a aposta de Michel Temer

Gilberto Maringoni | A “crise estável” é a aposta de Temer

É possível que o Brasil tenha entrado em um período de normalização da crise, ou algo aparentado com a “normalidade sofrente”, de que nos falava Cristophe Dejours, em O trabalho entre o sofrimento e o prazer. Não se trata de mera passividade ou conformismo, mas de um patamar a não ser perdido diante de uma situação de incertezas. Há muito de resignação e pouco de mobilização entre os de baixo. 

GREVE GERAL: Nota das Pastorais do Campo: Por Direitos e Democracia, a Luta é Todo Dia!

É preciso pôr um fim às ações do governo golpista, entreguista e corrupto do presidente Michel Temer. Além de destruir os direitos dos/as trabalhadores/as das cidades e do campo, o governo Temer está acuado por acusações escabrosas e recorrentes e sob o inteiro domínio dos interesses do capital, de modo especial os ligados ao agronegócio.

Janot entra com ação no STF contra a lei da terceirização

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ajuizou na segunda-feira (26), no Supremo Tribunal Federal (STF), uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) contra a lei que libera a terceirização para atividade fim das empresas.

Marcio Pochmann | Os pobres novamente sob suspeita

O condomínio de interesses dominantes que viabiliza o governo Temer desde o ano de 2016 parte do princípio de que o atraso brasileiro se deve à insistência do povo em participar do orçamento público. Repete, nesse sentido, a cantilena da elite do final do século 19, que produziu o projeto de branqueamento nacional para excluir do mercado de trabalho, a população pobre conformada por negros e ex-escravos e que, junta com os índios, representava cerca de 2/3 dos brasileiros em 1872.

Povo Sem Medo e Brasil Popular nas lutas do dia 30 de junho

A Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo reunidas no dia 23 de junho em São Paulo reafirmam seu apoio às greves e mobilizações convocadas para o dia 30 de junho contra a reforma trabalhista e em defesa dos direitos e da aposentadoria.

É GREVE GERAL em defesa da aposentadoria e direitos trabalhistas

Fortalecer a Greve Geral, preparar fortes paralisações da produção e da circulação e realizar grandes manifestações em todo o país. Esses são os principais desafios dos próximos dias colocados para todas as organizações que realmente se orientam pelos interesses da classe trabalhadora e da maioria do povo brasileiro.

Fora Temer

Dia 20 de junho é o nosso ‘Esquenta’ para a greve geral do dia 30/06

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora, ao lado da Frente Povo Sem Medo, Frente Brasil Popular, demais centrais sindicais e movimentos sociais, integra o Dia Nacional de Mobilização que será realizado nesta terça-feira (20) com panfletagem nas ruas, estações de trem, metrô e ônibus desde às 6 horas da manhã, assembleias em diversos sindicatos, palestras e mobilizações em geral para a divulgação da greve geral do dia 30 de junho.

Resolução: Greve Geral em defesa dos direitos trabalhistas e da aposentadoria

A crise política, econômica e institucional que abala o país teve mais um triste capítulo nos últimos dias. O escárnio de Gilmar Mendes e do judiciário no espetáculo deprimente do TSE demonstra até onde os poderes da república estão dispostos a ir para defender os interesses do sistema financeiro, do rentismo, do latifúndio e dos donos do dinheiro, materializados, principalmente, nas reformas da previdência e trabalhista, na terceirização e no congelamento dos investimentos públicos nas áreas sociais. Mas essa farsa, no entanto, conseguirá apenas adiar a agonia institucional que se aprofundou desde o golpe de 2016 assolando a ilegitimidade do atual executivo, a maioria conservadora do congresso nacional e do judiciário.

TSE rejeita pedidos da chapa Dilma-Temer no 1° dia de julgamento

O primeiro dia de julgamento da ação do PSDB que pede a cassação da Chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi marcado pela derrota das contestações iniciais da defesa sobre pontos do processo. Foram ao todo sete preliminares contestando desdobramentos da ação. Na terça-feira (6), quatro delas foram analisadas e rejeitadas por unanimidade. O julgamento será retomado nesta quarta-feira (7).

Entidades criam a Frente Ampla Nacional pelas Diretas Já

O Brasil atravessa uma grave crise política, econômica, social e institucional. Michel Temer não reúne as condições nem a legitimidade para seguir na presidência da República. A saída desta crise depende fundamentalmente da participação do povo nas ruas e nas urnas. Só a eleição direta, portanto a soberania popular, é capaz de restabelecer legitimidade ao sistema político.