fbpx

Tag Archives: alexandre caso

Defesa da soberania, conjuntura em movimento, trabalhadores unidos, força dos trabalhadores, brasil melhor

CONJUNTURA EM MOVIMENTO #4: Defesa da soberania

CONJUNTURA EM MOVIMENTO #4: Defesa da soberania

A soberania brasileira sobre a Amazônia Legal é incontestável, para que seja assegurada, é necessário a defesa frente aos interesses internacionais, mas também regular e limitar as atividades predatórias do agronegócio e da mineração na região.

defesa da aposentadoria, não vamos trabalhar até morrer

CONJUNTURA EM MOVIMENTO #2: Defesa do direito à aposentadoria

A Seguridade Social é uma conquista histórica do povo brasileiro, significa um conjunto de direitos sociais fundamentais para a manutenção da dignidade de milhões de brasileiros e brasileiras. Porém, a aposentadoria, que é uma das bases da seguridade está sob ataque com a PEC 06/2019. A seguir apresentamos o que está em jogo na luta

Intersindical participa de CDH sobre Reforma Trabalhista

Intersindical participa da CDH sobre Reforma Trabalhista

A Intersindical participa da CDH sobre Reforma Trabalhista nesta manhã no Senado Federal. Votação da reforma trabalhista: A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, rejeitou o mandado de segurança do senador Paulo Paim (PT-RS) que pedia a suspensão da tramitação da reforma trabalhista (PLC 38/2017).

Projeto que transforma trabalhadores em insumos sai da pauta de votações do Senado

O PLS 218/2016, que cria a modalidade de contrato intermitente de trabalho – onde o trabalhador ganha o mesmo valor hora que um trabalhador fixo, mas sem direitos – saiu da agenda de votações do Senado e voltará para análise da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Senado vota a qualquer momento o projeto que transforma trabalhadores em insumos

Está na ordem do dia de votações do Senado o PLS 218/2016, que cria a jornada de trabalho intermitente. Alexandre Caso, da Intersindical, alerta que o trabalhador brasileiro será tratado como um insumo, como se fosse uma despesa de água, luz e telefone. Entenda o porquê.

Terceirização: Adiada a votação do PL 4302/98, o morto vivo que aterroriza os trabalhadores

O governo Temer concordou em adiar a votação do PL 4.302/98, prevista para ocorrer nesta terça-feira (7). Diante da pressão de parlamentares e centrais sindicais, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), suspendeu a iniciativa, mas não deu nova previsão de data, o que exige ainda mais atenção da classe trabalhadora para impedir que o texto seja aprovado – uma vez que esse projeto morto-vivo já tramitou há 19 anos na Câmara e Senado e exige apenas mais uma votação na Câmara para virar lei.

Trabalhadores cruzam os braços. Greve. Paralisação

Agenda de audiências públicas nos Estados contra a retirada de direitos dos trabalhadores

Leia também: → Nova agenda de audiências públicas contra a perda de direitos trabalhistas e sociais começa dia 11/08 em SP Os debates públicos sobre as reformas da previdência e trabalhista, entre outros temas, foram unificados diante da iminente ameaça de aprovação ainda em 2016, explica Alexandre Caso, representante da Intersindical no Fórum Nacional de Combate à

Top