Reunião da Direção Nacional recebe Ramon Cardona, coordenador da Federação Sindical Mundial

Reunião da Direção Nacional recebe Ramon Cardona, coordenador da Federação Sindical Mundial

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora

O coordenador da Federação Sindical Mundial, Ramon Cardona, esteve nesta sexta para o inicio da Reunião da Direção Nacional da INTERSINDICAL que acontece até domingo em Campinas.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

A direção da central debateu neste primeiro dia com o companheiro Ramon as posições da FSM na atualidade, a luta contra o grande capital, desafios do movimento classista diante da crise internacional, a importância da luta sindical com a juventude entre outras demandas que estão colocadas para a classe trabalhadora.

Ramon iniciou sua fala lembrando que os 70 anos da FSM serão comemorados este ano em São Paulo. E enfatizou que a FSM está disposta a levar a luta classista em toda a América Latina e no mundo.

Na sequencia, em uma leitura do movimento sindical mundial alertou que um dos motivos do fascismo ter avançado na Europa foi justamente a falta de unidade do movimento em nível mundial.

Leia também:
Nota: Liberdade imediata à vice-presidenta da Federação Sindical Mundial
[Vídeo] Intersindical e a Federação Sindical Mundial

Durante as intervenções dos presentes Ramon ainda tratou de assuntos diversos como a referência dos valores socialistas, como construir e resignificar a luta na atual conjuntura e cenário sindical cubano.

Nos próximos dois dias a direção da INTERSINDICAL ainda debaterá desde a conjuntura até elaborar um novo plano de lutas para o próximo período. No sábado a reunião contará com a participação do MTST e o professor Dari Krein, da Unicamp / Cesit.

Sábabo (28/02):

– Exposição de professor Dari Krein, da Unicamp / Cesit;

– conjuntura nacional;

– os desafios dos trabalhadores e do movimento social;

– a construção da unidade com os aliados nas lutas da classe contra os ataques aos direitos (com as MPs 664 e 665, a luta contra a terceirização, a luta contra a terceirização e demissões);

– a defesa das reformas populares;

– os ataques preparados pelos governos e congresso nacional;

– apresentação da Frente por Reformas Populares com participação do MTST.

– plano de ação para o próximo período;

– luta contra a terceirização;

– formação política e preparação de materiais.

No domingo (3º dia) as pautas serão:

– encontros e congressos estaduais e regionais;

– planejamento;

– eleições sindicais.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

#ForaBolsonaro - Próxima Mobilização: 24 de Julho
#ForaBolsonaro - Próxima Mobilização: 24 de Julho
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários