Petroleiros decidem por suspensão provisória da greve

Petroleiros decidem por suspensão provisória da greve

Greve Petrobras - suspensão provisória

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Nesta quarta-feira (19/02) o Conselho Deliberativo da FUP em conjunto com as direções dos sindicatos da categoria definiram por suspender provisoriamente a greve para que a Comissão Permanente de Negociação da categoria possa participar da Reunião de Mediação agendada para sexta-feira (21/02).

A realização da Reunião de Mediação foi uma conquista da greve que se iniciou no dia 01 de fevereiro. O Conselho Deliberativo entende que participar do espaço de mediação é uma forma de acumular forças, e a suspensão da greve é provisória, podendo ser retomada caso não haja acordo sobre as pautas principais do movimento, em especial a anulação das demissões massivas na Fafen/PR.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

A audiência para decidir sobre o Dissídio Coletivo está marcada para o dia 09 de março, até lá o movimento continuará realizando atividades. Como a que acontece nesta quinta-feira (20/02), em São Paulo, na sede da empresa na Av. Paulista às 16h30, convocadas pelas Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular. A luta em defesa do emprego e da Petrobras segue, independente da suspensão temporária da já histórica greve petroleira.

Ricardo Landal, petroleiro do Rio Grande do Sul e membro da Direção Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, informou que na assembleia realizada com os trabalhadores na quarta-feira foi aprovada a suspensão da greve, porém a categoria permanece mobilizada e o clima entre os trabalhadores é de fortalecimento do movimento, mesmo durante o período de suspensão da greve.

Para Edson Carneiro Índio, Secretário Geral da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, manifestou sua solidariedade aos petroleiros e afirma: “os petroleiros estão de parabéns pela greve que estão fazendo, a tática da greve pertence a eles, porque eles conhecem a realidade da empresa. Cabe a nós, das demais categorias, prestar solidariedade ativa, mobilizar nossas bases e seguir o exemplo dos companheiros e companheiras da Petrobras.” Índio destaca ainda que a mobilização na sede da Petrobras convocada para a quinta-feira em São Paulo é uma expressão da solidariedade que precisa ser feita. Para o representante da Intersindical, a abertura das negociações já é uma vitória, rompeu com a resistência da empresa e do judiciário em dialogar com a Comissão Permanente de Negociação dos petroleiros.

A greve está suspensa para que as negociações aconteçam, porém não foi encerrada, isso irá depender dos resultados que serão alcançados no processo negocial. Afirma a Comissão Permanente de Negociação dos petroleiros.

Texto: Pedro Otoni

Greve Petrobras - suspensão provisória

Greve Petrobras - suspensão provisória

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários