Lucros do Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil estão cada vez maiores

Lucros do Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil estão cada vez maiores

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil: R$ 16,3 bilhões

O lucro líquido dos maiores bancos do Brasil no primeiro trimestre do ano foi o maior desde o 2º trimestre de 2015.

De janeiro a abril, Itaú Unibanco, Banco do Brasil, Bradesco e Santander somaram juntos ganhos de R$ 16,3 bilhões.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

O resultado é 13,3% superior ao registrado no mesmo período do ano passado (R$ 14,39 bilhões).

Além disso, é o terceiro melhor trimestre da série histórica desde 2006, atrás apenas do segundo e do primeiro trimestres de 2015, com R$ 17,34 bilhões e R$ 16,47 bilhões, respectivamente.

O maior lucro foi do Itaú, com R$ 6,28 bilhões, que citou avanço das receitas com serviços e queda da inadimplência como fatores para a alta de 3,7% em relação ao ano anterior.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e Região


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Facebook Intersindical

Instagram Intersindical

YouTube Intersindical

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários