fbpx

Representantes dos Movimentos Sociais fundam a Intersindical no Pará

intersindical pará

Com uma Plenária bastante representativa que contou com a participação de trabalhadoras e trabalhadores, representantes dos movimentos sociais, estudantes, desempregados e autônomos, de vários municípios do estado, foi oficialmente fundada no dia 12 de dezembro, no Hotel Ipê, em Belém (PA), a Intersindical Central da Classe Trabalhadora.

A Plenária contou com a representação de 42 municípios, da maioria das regiões do estado (Xingu, Marajó, Metropolitana, Nordeste, Sudeste, Sul, Tocantina e Baixo Tocantins) totalizando 75 pessoas, entre delegadas e delegados e observadores, militantes do movimento sindical, popular (moradia e serviço público). A Intersindical é fundada num momento adverso para a classe trabalhadora. A conjuntura política no país e no estado se caracteriza por um conjunto de medidas políticas antidemocráticas e antipopulares que atentam contra os direitos básicos do povo somando negativamente para o processo de precarização da qualidade de vida da nossa população, com o aumento da miséria e do desemprego entre outras coisas.

Foram vários anos de debate em que acumulamos no sentido de construir um instrumento de luta e de organização da classe trabalhadora para enfrentar os desafios da atualidade: os ataques à democracia, os ataques aos nossos direitos e a destruição da soberania nacional. A independência política frente aos governos e aos partidos políticos será a marca da Intersindical. A combatividade e o enfrentamento serão sua essência.
A Intersindical quer contribuir positivamente para o processo de organização e mobilização das trabalhadoras e dos trabalhadores, buscando a unidade de ação com as centrais do campo progressista, criticando as práticas sindicais entreguistas e oportunistas.

Após a composição da mesa de abertura da plenária que contou com a participação do Sindicato das Trabalhadoras e dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará – Sintepp, do Movimento de Luta Popular – MLP, da Frente Povo Sem Medo e da Executiva Nacional da Intersindical, que fizeram a saudação aos participantes, foi instalada a mesa que coordenou os trabalhos de aprovação do Regimento Interno da plenária, o debate sobre a análise da conjuntura nacional e estadual.

Finalmente, as delegadas e delegados aprovaram por unanimidade o Plano de Lutas para o próximo período, a fundação da Intersindical Pará e elegeram a Direção Provisória, composta por 19 companheiras e companheiros, sendo 5 da executiva estadual e tendo 6 suplentes. A Direção Provisória terá como uma de suas tarefas, organizar o Congresso da Intersindical. Para a Secretaria Geral foi eleito o companheiro Williams Silva, dirigente estadual do Sintepp.

Pará, 12 de dezembro de 2019
Intersindical Central da Classe Trabalhadora

intersindical pará

intersindical pará

intersindical pará

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top