Inédita mobilização marca a greve dos entregadores de aplicativos

Inédita mobilização marca a greve dos entregadores de aplicativos

greve dos entregadores

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Em vários pontos do Brasil e do mundo, trabalhadores vinculados às empresas iFood, Rappi, James, Loggi e Uber Eats fazem greve histórica

Hoje, 1° de julho, acontece a Greve dos Entregadores vinculados à plataformas digitais de delivery. Somente na iFood são 170 mil trabalhadores vinculados, o números de trabalhadores e trabalhadores neste tipo de atividade cresceu 300% em alguns aplicativos desde o início da pandemia.

Só na Rappi são 200 mil na América Latina e a iFood conta com mais de 150 mil trabalhadores no Brasil. O desemprego é a principal causa da elevação destes números segundo estudos recentes sobre a uberização do mundo do trabalho.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

O estopim do movimento grevista foi gerado pelo aumento acelerado do número de trabalhadores e o grau de precariedade das condições de trabalho. Entre as reivindicações estão o reajuste dos preços das corridas, reajuste anual para o serviço, formulação de uma tabela de preço negociada com a categoria, fim dos bloqueios indevidos, entrega de EPIs, apoio contra acidentes e vale refeição.

Nas principais cidades do país, entregadores realizam atos de rua para aumentar a pressão sobre as empresas de delivery por aplicativo e ampliar a visibilidade do movimento.

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora e entidades filiadas tem prestado apoio à greve em vários estados do país no sentido de fortalecer a parceria com a categoria de entregadores.

Acompanhe nas nossas redes informações sobre a greve em todo país.

Texto: Pedro Otoni
Foto: Alexandre Maciel

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários