Governo do Distrito Federal faz a ‘festa’ do servidor público com balas de borracha, spray de pimenta e gás lacrimogêneo

Governo do Distrito Federal faz a ‘festa’ do servidor público com balas de borracha, spray de pimenta e gás lacrimogêneo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

No dia Servidor Público, comemorado em 28 de outubro, professores e rodoviários do DF que protestavam contra o calote em seus salários foram recebidos com truculência pela tropa de choque enviada pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Distrito Federal foi especialmente destacado para inibir a manifestação que professores e rodoviários realizavam nesta quarta-feira (28), dia do Servidor Público, nos eixos 1 Norte e 1 Sul da capital federal.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Os manifestante se dividiram pelos dois eixos e bloquearam o trânsito com os próprios carros. Foi quando o Bope começou a retirar violentamente alguns professores do assento de seus carros numa clara tentativa de intimidação.

“Eu estava no eixo Sul, já tínhamos conversado com a Polícia Militar, estávamos em carreata por uma hora, já tínhamos negociado nossa saída, de repente chega o Bope e nos recebe com spray de pimenta, bombas de borracha e gás lacrimogêneo”, relata Herbert Anjos, professor e dirigente da Intersindical Central da Classe Trabalhadora em Brasília.

Leia também:
Nota da Intersindical em apoio aos educadores do Distrito Federal agredidos

O ato foi realizado em função do não cumprimento da lei distrital que garante o reajuste na remuneração dos servidores do DF.

O policiamento de choque agrediu verbalmente e fisicamente diversos trabalhadores, quatro professores e dois rodoviários foram presos e soltos horas depois, em uma clara ação de intimidação.

Em resposta à truculência do Bope, e em solidariedade aos manifestantes agredidos, os rodoviários fecharam a rodoviária do Plano Piloto. Novos protestos estão programados ao longo dos próximos dias até que o governador do DF honre com o pagamento dos servidores.

Assista aos vídeos da ação truculenta da PM:

1: Link externo para a rede social Facebook:
PMDF

2: Professores apanhando da policia do Distrito Federal (YouTube)

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários