Familiares dos 43 estudantes mexicanos desaparecidos estarão em São Paulo nos dias 2 e 3 de junho

Familiares dos 43 estudantes mexicanos desaparecidos estarão em São Paulo nos dias 2 e 3 de junho

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Atividade inaugura na cidade, no dia 2 de junho, às 14h, a Caravana 43 Sudamérica, que traz os familiares ao Brasil, Uruguai e Argentina em solidariedade a sua luta.

No último dia 26 completaram-se oito meses do massacre do Estado do México que levou a seis mortes e 43 desaparições em Iguala, estado de Guerrero. Mesmo com as mentiras e com a indiferença do Estado mexicano, e contando com um fortíssimo apoio nacional e internacional, os familiares seguem lutando por justiça e pela apresentação com vida dos estudantes normalistas desaparecidos. Como parte desse processo, uma caravana organizada por movimentos sociais e pessoas autônomas está trazendo alguns desses familiares para a América do Sul – em São Paulo as atividades públicas serão nos dias 2 e 3 de junho.  

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Inaugurando os eventos no dia 2, a partir das 14h, haverá uma coletiva de imprensa na qual os familiares explicarão melhor a Caravana Sul-americana e suas demandas. Ela acontecerá na sede da Kiwi Cia. de Teatro, no centro da cidade. Na coletiva, os familiares – um casal de pais, uma mãe e um estudante que sobreviveu ao massacre e é também primo de um dos desaparecidos – esclarecerão quais as suas demandas, as suas visões em relação às versões que o governo de Peña Nieto deu ao caso, e o momento atual pelo qual esse movimento, que literalmente parou o México desde o ano passado, está vivendo agora, em contexto eleitoral.

Os familiares não estarão disponíveis para entrevistas no restante dos dias.  

Haverá ainda um debate público, a ser realizado na noite do dia 2 de junho e do qual participarão as Mães de Maio, também no centro, e um sarau na noite do dia 3 de junho, no Taboão da Serra, organizado pelo Sarau do Binho em conjunto com outros saraus da periferia paulista, no qual será prestada solidariedade e homenagem aos familiares de Ayoztinapa e sua luta.  

A Caravana 43 Sudamérica começou no dia 16 de maio e percorrerá 7 cidades, passando por Argentina e Uruguai antes de chegar ao Brasil, onde terá atividades também no Rio de Janeiro e em Porto Alegre. O recorrido acontece nos mesmos moldes de movimentações recentemente organizadas nos Estados Unidos, no Canadá e na Europa, onde familiares dos desaparecidos passaram por doze países. Articulados de forma autônoma, sem qualquer relação com partidos políticos, empresas ou governos, os movimentos que a organizam buscam tanto manifestar solidariedade à luta de Ayotzinapa, dizendo que “no están solos”, quanto espalhar pelo Brasil as demandas de justiça e apresentação com vida dos estudantes normalistas. “Vivos os levaram, vivos os queremos”, seguem gritando os pais.

Serviço:
2 de junho, 14h
Kiwi Cia. de Teatro
Rua Frederico Abranches, 189 – ao lado do metrô Santa Cecília

Estarão presentes:
– Mario César González Contreras e Hilda Hernández Rivera, pai e mãe de César Manuel González Hernández, desaparecido

– Hilda Legideño Vargas, mãe de Jorge Antonio Tizapa Legideño, desaparecido
– e o normalista Francisco Sánchez Nava, que além de primo de um desaparecido é também sobrevivente do massacre.  

Mais informações:
http://caravana43sudamerica.org/
Fred – 95396-2792
Susana – 99499-5809
Gabriela – 99596-9718

Programação pública completa 

2 de junho (terça), às 14h – Coletiva de imprensa com os familiares
Kiwi Cia de Teatro: Rua Frederico Abranches, 189

2 de junho (terça), às 19h – Debate público – Caravana 43: familiares de Ayotzinapa, Mães de Maio e suas resistências
Quadra dos bancários: rua Tabatinguera, 192

3 de junho (quarta), às 20h – Ayotzinapa somos todxs – Sarau do Binho com outros saraus
Espaço Clariô: Rua Santa Luzia, 96 – Taboão da Serra

Evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/698285870299696/

Coletivos que compõem a Caravana em São Paulo:  

Mães de Maio
Movimento Passe Livre – SP
Casa Mafalda Espaço Autônomo
Coletivo Autônomo dos Trabalhadores Sociais CATSO 
Rede 2 de Outubro
Espacio de Lucha Contra el Olvido y la Represión (ELCOR) – Red Contra la Repression (México)
Margens Clínicas
Comboio Moinho Vivo
Rizoma Tendência Estudantil Libertária
Coletivo DAR (Desentorpecendo a Razão)
Rede Extremo Sul
Comissão Yvyrupá

 

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
POR QUE IR ÀS RUAS NO 19J? [Intersindical Debate #33]
POR QUE IR ÀS RUAS NO 19J? [Intersindical Debate #33]
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários