Em Porto Alegre, PM tenta reprimir trabalhadores no Dia Nacional de Paralisações

Logo na madrugada, em Porto Alegre (RS), trabalhadores e trabalhadoras fizeram um piquete numa garagem da Companhia Carris de transporte público.  A Polícia Militar tentou reprimir a manifestação em ato no Dia Nacional de Paralisações, Rumo à greve Geral, mas os trabalhadores se reagruparam e continuaram em ato contra os ataques do Governo Federal e dos Governo Estadual de Ivo Sartori (PMDB).

Diversos setores do funcionalismo público, como educação universitária, convocada pela Assufrgs, e básica e setores da saúde também estão fazendo paralisações unitárias.

Mais tarde ainda está prevista uma marcha convocada pela Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e outras centrais sindicais.

greve-geral-22-09-0016-valnez-bitencourt

greve-geral-22-09-0005-indio

 

 

Postagens Relacionadas

*

Top