Eduardo Cunha mostra mais uma vez que ainda manda na Câmara dos Deputados

Eduardo Cunha mostra mais uma vez que ainda manda na Câmara dos Deputados

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Apesar de afastado do cargo de presidente da Câmara e do mandato de deputado federal por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), Eduardo Cunha (PMDB-RJ), convocou a imprensa nesta quarta-feira (20) usando e abusando de todo o aparato da TV Câmara.

A coletiva de imprensa, realizada no Hotel Nacional, em Brasília, foi organizada por uma assessora da presidência da Câmara e transmitida ao vivo no website da TV Câmara, no canal do YouTube e no canal interno da Câmara dos Deputados.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Parlamentares criticaram o uso pessoal do aparato estatal em favor de Cunha e interpretaram o fato como nítida demonstração de que Eduardo Cunha ainda manda na Casa.

Os diretores da TV Câmara negaram influência de Cunha na decisão de transmitir o pronunciamento e alegaram “interesse jornalístico”, inclusive pela possibilidade de o presidente afastado renunciar durante o evento.

Diretor de Comunicação da Câmara é exonerado

No fim do dia, o presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), exonerou o diretor-executivo de Comunicação Social da Câmara, Claudio Lessa, mas negou que a decisão tenha a ver com a exibição ao vivo da entrevista coletiva de Eduardo Cunha.

Nos bastidores, interlocutores afirmam que houve a avaliação de que a TV Câmara errou e descumpriu uma decisão judicial ao decidir transmitir a fala de Cunha, já que ele está afastado do cargo e do mandato por decisão cautelar unânime do Supremo Tribunal Federal.

Embora já tenha tomado várias decisões favoráveis a Cunha, Maranhão tem sinalizado distanciamento nos últimos tempos.

A assessoria de imprensa da Casa afirmou que a TV Câmara decidiu fazer a transmissão ao vivo porque considerou haver interesse jornalístico e porque Cunha, embora afastado, ainda é o presidente da Câmara.

 

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários