Primeira mulher presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região assume com muita luta pela frente

A nova diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região tomou posse dia 8 de abril de 2016, em solenidade concorrida, com cerca de 200 pessoas presentes, na Av. Washington Luiz – 140, Santos, para comandar a entidade no triênio 2016/19. Esta diretoria tem no comando Eneida Koury, a primeira mulher presidente da história do Sindicato, desde sua fundação em 11/01/1933. A diretoria foi eleita com 1.688 votos – 98,37% do total de 1.716 votantes. Além de Eneida, tomaram posse mais 47 bancários (as) da ativa e aposentados distribuídos em diversas diretorias e funções.

A mesa de convidados sindicalistas foi formada por Bernadete Menezes (ASSUFRGS e da Intersindical), Manoel Elídio Rosa (Contrafcut e Intersindical), Nilza Pereira de Almeida (Químicos Unificados de Osasco e Campinas e Intersindical), Vanessa Gravino (Apeoesp e Intersindical), Edson Carneiro Índio (Secretário Geral da Intersindical), Ricardo Saraiva Big (Secretário Geral do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e Secretário de Rel. Internacionais da Intersindical) e Eneida Koury (Presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e da Direção Nacional da Intersindical).

    LISTA INTERSINDICAL

    RECEBA INFORMAÇÕES IMPORTANTES NO SEU E-MAIL

    Todos foram unânimes em dizer que a conjuntura política nacional está muito ruim para a classe trabalhadora. “Vamos ter que lutar muito para não perdermos nossos direitos contidos na CLT como férias remuneradas, 13º salário, FGTS, horas extras e muitos outros. Caso o governo Dilma caia e a direita tome posse com o golpe, a primeira medida dos defensores dos patrões, banqueiros e da Fiesp será a aprovação da terceirização irrestrita afetando em cheio a categoria bancária”, disse Eneida.

    “A segunda é retirar direitos previdenciários dos trabalhadores. Como, por exemplo, aumentar a idade mínima de 65 anos para que as mulheres se aposentem igualando aos homens. Sem levar em consideração a jornada dupla, tripla ou ainda maior que as mulheres enfrentam diariamente cuidando de filhos, idosos, da casa e outros compromissos”, alertou a presidente eleita.

    Inscreva-se
    Notificar de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    Ver todos os comentários
    Top
    0
    Comentex
    ()
    x