Mais de 60 mil perdem trabalho e desemprego em SP chega a 16,1%

Mais de 60 mil perdem trabalho e desemprego em SP chega a 16,1%

Mais de 60 mil perdem trabalho e desemprego em SP chega a 16,1%

Compartilhe

De fevereiro para março, o contingente de desempregados na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) ganhou mais 61 mil pessoas. Agora, são estimadas 1 milhão e 772 mil de desempregados na região, o que corresponde a 16,1% da população ativa, segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED). O resultado é explicado pela eliminação de 91 mil postos de trabalho.

Entre os setores com piores resultados estão construção civil (-2,8%), serviços (-1,6%) e comércio (-1%). A indústria, por outro lado, aumentou o nível de ocupação em 3,7%. Quanto à distribuição geográfica, a sub-região leste da RMSP (municípios que vão desde Guarulhos a Salesópolis) é a que apresenta maior índice de desemprego (19,8%).

Os resultados para a RMSP se alinham aos últimos números nacionais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em março, o saldo entre vagas abertas e fechadas no mercado trabalho foi negativo em 43.196. Fonte: Conflitos

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

 

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários