fbpx

Contra cortes em programas sociais MTST ocupa Ministérios da Fazenda pelo país

INTERSINDICAL –  Central da Classe Trabalhadora

Contra o corte no programa Minha Casa Minha Vida 3 e redução de verbas para a saúde em decorrência do novo pacote de ajuste fiscal anunciado pelo governo, o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) foi às ruas nesta quarta-feira em diversas cidades do país.

Em São Paulo o movimento saiu em passeata com mais de 10 mil trabalhadores e trabalhadoras e ocupou o Ministério da Fazenda, na Avenida Prestes Maia. A permanência no local foi atribulada pela pressão da Polícia Militar, mas todas e todos permaneceram firmes até o aceite do pedido de negociação.

Em Brasília houve repressão da PM, que agrediu e usou bombas de gás lacrimogêneo contra as cerca de 2 mil pessoas que estiveram em luta desde a manhã de hoje.

Além de São Paulo e Brasília, as sedes do Ministério da Fazenda do Rio de Janeiro, Goiânia e Boa Vista também foram ocupadas. Estima-se que as manifestações tenham ocorrido pelo menos em oito cidades do Brasil.

Facão na conta da classe trabalhadora

Na última semana o Governo Federal anunciou que, para garantir a meta do superávit primário, irá realizar cortes no orçamento do Programa Minha Casa Minha Vida 3, áreas da saúde e não irá reajustar os salários do funcionalismo público.

De acordo com o Governo, o corte visa “economizar” cerca de R$ 15,6 bilhões, penalizando mais uma vez “os debaixo”.

Leia também: Índio | Facão do governo corta no “andar de baixo” e agrava tensão

MTST 007_04

Foto: MTST

MTST 007_02

Foto: Jorge Araujo (Folha Press)

MTST 007_01

Foto: MTST

MTST 007_05

Foto: MTST

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

One Comment;

*

Top