fbpx

Conselho de Ética se reúne pela 6ª vez na tentativa de decidir futuro de Eduardo Cunha

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados remarcou para a tarde desta quarta-feira (9), às 13h30, a votação do parecer preliminar do deputado Fausto Pinato (PRB-SP) sobre o pedido de cassação do presidente da Casa, o famigerado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por quebra de decoro parlamentar.

Se for adiada novamente será a sexta vez que o Conselho tenta votar a abertura do processo de cassação e que aliados de Eduardo Cunha conseguem protelar o processo.

A Procuradoria-Geral da República está reunindo elementos para denunciar a atuação de Eduardo Cunha nos bastidores visando atrapalhar o Conselho de Ética da Câmara.

Além de apresentar o pedido de afastamento do líder da Câmara junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador Rodrigo Janotdeve denunciar o deputado pelo crime de evasão de divisas no caso das contas bancárias mantidas na Suíça.

A Procuradoria-Geral da República também investiga as supostas práticas de corrupção e lavagem de dinheiro. Ele foi formalmente acusado de receber US$ 5 milhões em propina a partir de contratos da Petrobras para operação de navios-sonda.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top