Concentração bancária no país chega ao ápice: 72,4% dos ativos estão nas mãos de apenas quatro bancos

Concentração bancária no país chega ao ápice: 72,4% dos ativos estão nas mãos de apenas quatro bancos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Os quatro maiores bancos do país – Banco do Brasil, Itaú, Caixa Econômica Federal e Bradesco – concentram 72,4% dos ativos totais das instituições financeiras comerciais, de acordo com dados do Banco Central de setembro. Em 2000, os quatro maiores bancos do Brasil detinham uma participação de 50,4% no total de ativos.
Diversas instituições financeiras têm desaparecido. O Unibanco, por exemplo, se juntou ao Itaú. A Nossa Caixa foi incorporada pelo Banco do Brasil, a maior instituição financeira do País em ativos. Recentemente, o HSBC foi engolido pelo Bradesco.

Há casos emblemáticos, como do antigo Banco América do Sul, foi comprado pelo italiano Sudameris, adquirido pelo ABN Amro Real e que, por sua vez, foi integrado ao Santander Brasil – hoje o quinto maior banco brasileiro.O resultado desse processo é que os bancos grandes ficaram ainda maiores.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Com a incorporação do HSBC pelo Bradesco, a participação dos quatro grandes bancos aumentou quase 5 pontos, já que o porcentual estava em 67,5% em setembro de 2015. A fatia deve crescer novamente em breve, quando o Itaú (segundo maior banco em ativos) absorver oficialmente a operação recém adquirida do Citibank Brasil (décima maior instituição financeira).
O quatro maiores do sistema financeiro nacional detém 80% do crédito concedido no País. Além disso, esses quatro bancos possuem 75 de cada 100 agências espalhadas pelo País.
Para os consumidores, a concentração em qualquer setor nunca é uma boa notícia. Concentração significa que menos agentes detêm uma fatia mais expressiva do mercado. Ou seja, eles é que ditam as regras, políticas, preços, ofertas e serviços. Para os bancários, a concentração também diminui a oferta de empregos e oportunidades de trabalho. Sem contar que os bancos são campeões na terceirização e na violação de direitos trabalhistas.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

#ForaBolsonaro - Próxima Mobilização: 24 de Julho
#ForaBolsonaro - Próxima Mobilização: 24 de Julho
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários