Comissão aprova multa trabalhista proporcional ao tamanho da propriedade rural

Comissão aprova multa trabalhista proporcional ao tamanho da propriedade rural

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

A Comissão da Câmara dos Deputados aprovou proposta que modifica a legislação trabalhista rural para prever que as multas aplicadas sejam proporcionais ao tamanho das propriedades. O PL 1.317/15 (PLS 323/13) é de autoria da ex-senadora Ana Rita (PT-ES).

Pelo texto, quanto maior a propriedade rural, maior será a multa aplicada, tomando como base o salário base de cada empregado em situação irregular, conforme os seguintes percentuais:

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

– 25% do salário base, no caso de propriedade com até 10 módulos fiscais;

– 50% do salário base, no caso de propriedade com até 50 módulos fiscais;

– 75% do salário base, no caso de propriedade com até 100 módulos fiscais; e

– 100% do salário base, no caso de propriedade com mais de 100 módulos fiscais.

O PL 1.317/15 modifica a Lei 5.889/73, que regulamenta o trabalho rural. Atualmente, o valor da multa por infração às normas de trabalho rural é de R$ 380.

Relator na comissão, o deputado Carlos Melles (DEM-MG) recomendou a aprovação do texto. Para ele, ao atualizar o valor da multa, a legislação permite combater de maneira mais efetiva os desmandos cometidos contra os trabalhadores rurais, já que o valor atual da multa encontra-se bastante defasado, não sendo capaz de coibir o cometimento da infração.

“Ao estabelecer essa nova sistemática para definir o valor da multa, a proposição enfatiza o caráter pedagógico que deve ter a sanção e não deixa de se adequar ao princípio da razoabilidade, tampouco promove um aumento na gradação da pena”, disse Melles.

Tramitação

O projeto de lei será ainda analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho; e de Constituição e Justiça. (Com Agência Câmara)

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários