Caixa lucra R$ 3,4 bi e corta 2,6 mil empregos

Caixa lucra R$ 3,4 bi e corta 2,6 mil empregos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Resultado refere-se aos nove primeiros meses de 2016 e representa queda de 47,2% em relação ao mesmo período de 2015, em parte graças a menor utilização de créditos tributários em 2016

A Caixa Econômica Federal alcançou lucro líquido de R$ 3,4 bilhões entre janeiro e setembro de 2016. No terceiro trimestre o banco obteve R$ 998,1 milhões. O resultado acumulado do ano representa queda de 47,2% em relação ao mesmo período de 2015.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

É importante ressaltar que essa queda está vinculada à menor utilização, em 2016, de créditos tributários. Em 2015, o banco havia utilizado largamente tais créditos, fazendo com que sua despesa com IR e CSLL se transformasse em uma receita de R$ 6,4 bilhões.

Em 2016, a Caixa também usou tal expediente, mas em escala menor. Os créditos tributários geraram uma receita de R$ 2,6 bilhões, ou seja, quase 60% menor do que nos primeiros nove meses de 2015.

No que diz respeito aos outros itens do resultado, a Caixa apresentou crescimento. Na intermediação financeira, por exemplo, houve aumento de 15,7%, influenciado por ganho nas receitas de crédito em 10%, e nas receitas de títulos e valores mobiliários em 68%.

Contribuíram também para elevar o resultado as menores despesas de empréstimos e repasses, e a queda de 3,4% nas despesas de PDD (provisão para devedores duvidosos).

Entretanto, o banco apresentou perdas em operações de câmbio e operações com derivativos. Somados, estes dois itens retiraram do resultado de intermediação financeira mais de R$ 20 bilhões nos nove primeiros meses do ano em relação ao mesmo período de 2015.

Menos empregados, mais agências

Em setembro de 2016, o número de empregados da Caixa ficou em 95.056, redução de 2.608 postos de trabalho em 12 meses, sendo 631 empregos a menos apenas nos últimos três meses. O número de agências ficou em 3.401, 10 a mais do que em setembro de 2015.

As receitas de prestação de serviços e tarifas chegaram a R$ 16,5 bilhões, com alta de 9,1% no período. Com tais receitas a Caixa cobre 102% do total de suas despesas de pessoal, incluindo PLR.

Crédito

A carteira de crédito ampla somou R$ 699,6 bilhões em setembro de 2016, evolução de 5% em 12 meses e 1,2% no trimestre, alcançando 22,2% de participação no total de crédito do Sistema Financeiro Nacional, ganho de 1,4 ponto percentual em 12 meses.

O crédito imobiliário, concedido a pessoas físicas e jurídicas, cresceu 6,7% em 12 meses e 2% no trimestre, encerrando setembro de 2016 com saldo de R$ 401,5 bilhões, o que representava 66,8% do mercado.

As carteiras que apresentaram redução foram a de crédito comercial PJ e financiamentos rurais e agroindustriais, com queda de 4,2% e 13,2%, respectivamente.

Inadimplência

O índice de inadimplência encerrou setembro em 3,48%, significativamente abaixo da média de mercado de 3,73%. O crescimento no período foi fortemente influenciado por um grupo econômico específico do setor de óleo e gás. Excluído esse efeito, a inadimplência alcançaria 3,26% e ficaria estável em relação ao trimestre anterior e ao terceiro trimestre de 2015.

Digitais

A Caixa tem elevado o número de transações em meios digitais como smartphone e internet banking (inclusive tablet), tendo alcançado no período uma base de 4,3 milhões e 16,4 milhões de usuários, respectivamente. A quantidade de transações realizadas nestes canais totalizou 1,5 bilhão no acumulado até setembro de 2016, evolução de 18,7% ante setembro de 2015. As transações via smartphone aumentaram 66,5% em 12 meses com 412 milhões de transações efetivadas.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e região

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
POR QUE IR ÀS RUAS NO 19J? [Intersindical Debate #33]
POR QUE IR ÀS RUAS NO 19J? [Intersindical Debate #33]
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários