Brasil: FSM se solidariza com a greve geral de 14 de junho

FSM se solidariza com a greve geral de 14 de junho | Intersindical

Compartilhe

A Federação Sindical Mundial, representando 97 milhões de trabalhadores filiados e filiadas em todo o mundo, expressa plena solidariedade de classe com suas organizações filiadas e com a classe trabalhadora do Brasil, que vai parar todo o pais em 14 de junho com uma greve geral massiva.

Muitos setores já responderam ao chamado para lutar contra as políticas anti-operárias do governo Bolsonaro e estão comprometidos em defender a aposentadoria, o emprego e a educação.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Toda a nossa grande família sindical está do lado dos trabalhadores do Brasil e reitera que continuará apoiando firmemente suas justas reivindicações. Até que um novo mundo amanheça, sem exploração do homem pelo homem.

Força companheiros e companheiras do Brasil!

Viva a solidariedade internacionalista!

O Secretariado da FSM

[wd_hustle id=”social-icons-fim-de-texto” type=”social_sharing”]

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Trabalhadores Químicos decidem pelo Fora Bolsonaro
Trabalhadores Químicos decidem pelo Fora Bolsonaro
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários