fbpx

Bancários intensificam pressão sobre banqueiros

Bancários intensificam pressão sobre banqueiros

Milhares de bancários, em diversas regiões do país, cruzaram os braços nessa quarta-feira (22), em mais um dia de paralisações e pressões sobre banqueiros.

Em mais uma rodada de negociação, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou uma proposta insuficiente com apenas 0,5% de reajuste acima da inflação e prevê a retirada de direitos garantidos pela convenção coletiva da categoria.

A proposta da Fenaban prejudica as mulheres, porque prevê o não pagamento de PLR integral às bancárias que entram em licença maternidade, assim como acaba com a PLR integral para trabalhadores e trabalhadoras afastados por doença ou acidentados.

Além de não garantir reajuste salarial condizente com a lucratividade e tentar retirar direitos estabelecidos na Convenção Coletiva, os bancos se negam a incorporar na CCT mecanismos que impeçam a contratação precária estabelecida pela inconstitucional Reforma Trabalhista votada no ano passado.


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top