Andreia de Jesus, da Intersindical/Brigadas Populares, fala de sua eleição como deputada estadual em MG

Compartilhe

Andreia de Jesus, militante da Intersindical, das Brigadas Populares e primeira mulher negra eleita para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, fez uma breve saudação aos delegados e observadores do 2º Congresso Nacional da Intersindical reforçando a importância do trabalho de base.

“Estamos construindo outra forma de política a partir das bases, nos elegemos em Minas sem um centavo da mineração, sem um centavo de banco, a vitória foi construída com cada mulher, cada militante, que  se reuniu para construir um projeto justo e democrático em que caibam todas  e todos”, disse.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Andreia de Jesus foi eleita pelo PSOL com mais de 17 mil votos nas eleições 2018. Além de educadora infantil e servidora pública municipal, ela é advogada e integra o movimento social Muitas, que surgiu em 2015.

“É uma movimentação que está incomodada com o perfil político que ocupa os espaços de decisão, sempre uma elite branca, que passa de pai para filhos”, explica a deputada estadual eleita com o suor do trabalho voluntário e arrecadação de recursos por meio de “vaquinhas online”.

Texto: Tsuli Turbiani
Foto: Rubens Lopes


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários