fbpx

Andreia de Jesus, da Intersindical/Brigadas Populares, fala de sua eleição como deputada estadual em MG

Andreia de Jesus, militante da Intersindical, das Brigadas Populares e primeira mulher negra eleita para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, fez uma breve saudação aos delegados e observadores do 2º Congresso Nacional da Intersindical reforçando a importância do trabalho de base.

“Estamos construindo outra forma de política a partir das bases, nos elegemos em Minas sem um centavo da mineração, sem um centavo de banco, a vitória foi construída com cada mulher, cada militante, que  se reuniu para construir um projeto justo e democrático em que caibam todas  e todos”, disse.

Andreia de Jesus foi eleita pelo PSOL com mais de 17 mil votos nas eleições 2018. Além de educadora infantil e servidora pública municipal, ela é advogada e integra o movimento social Muitas, que surgiu em 2015.

“É uma movimentação que está incomodada com o perfil político que ocupa os espaços de decisão, sempre uma elite branca, que passa de pai para filhos”, explica a deputada estadual eleita com o suor do trabalho voluntário e arrecadação de recursos por meio de “vaquinhas online”.

Texto: Tsuli Turbiani
Foto: Rubens Lopes


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top