Agentes de trânsito fazem passeata por mais segurança e pela aprovação do PLC 152/15 no Senado

Os trabalhadores que atuam no trânsito e transportes no País se reúnem nesta segunda-feira (30) e terça-feira (31), para atos em homenagem a Agenison Pereira Jorge, agente de trânsito assassinado em Araguaína, no Tocantins, na última sexta (27), enquanto desempenhava suas funções. As manifestações têm como objetivo conscientizar a população e os gestores públicos da vulnerabilidade na qual a categoria está exposta.

Manifestações

    LISTA INTERSINDICAL

    RECEBA INFORMAÇÕES IMPORTANTES NO SEU E-MAIL

    Em Palmas; capital do Estado onde houve o assassinato de Agenison Jorge, o ato será realizado nesta segunda-feira (30), às 16h, nas principais vias da cidade.  Com apoio e participação da Policia Militar; Polícia Federal e Guarda Metropolitana, os agentes de trânsito farão uma carreata com sirenaço. Todos estarão usando fita preta amarrada nos braços.

    Na terça-feira (31), a AGTBrasil (Associação dos Agentes de Trânsito do Brasil),  conclama,  às 11h um ato nacional para homenagear o colega que se foi e conclamar mais segurança à família.

    Entre as medidas protetivas necessárias e reinvindicadas pela categoria estão a disponibilização de coletes à prova de balas e a aprovação do Projeto de Lei PLC 152/15 que possibilitaria, após rígidos testes e treinamentos, o porte de arma para a categoria quando em serviço.

    “Há situações de extremo risco. Os bandidos também andam de carro. Na fiscalização do transporte clandestino, por exemplo, é necessária a abordagem do agente de trânsito para verificar se o condutor tem alvará”, explica Antonio Coelho, presidente da AGTBrasil.

    “Não é a primeira vez que um agente de trânsito morre no desempenho de suas funções. Infelizmente, não vai ser o último. Agora, nem por isso, podemos deixar de lutar para garantir a nossa segurança. Em virtude de mais um ataque a um companheiro de farda, e outros que tiveram as suas vidas ceifadas, faz-se necessário realizarmos uma grande passeata nacional com representação de todos os municípios do Brasil”, defende Valdir Medeiros, vice-presidente da SIATRANS que integra a direção nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora.

    Inscreva-se
    Notificar de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    Ver todos os comentários
    Top
    0
    Comentex
    ()
    x