Vote (e lute) PELA SAÚDE PÚBLICA!

Vote (e lute) PELA SAÚDE PÚBLICA!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Após serem erradicadas na década de 1990, sarampo, pólio, rubéola e difteria voltaram ao Brasil. Estas doenças retornaram após 2016 e ao corte de recursos para a vacinação do governo golpista de Michel Temer (PMDB) e do ministro Ricardo Barros (PP).

Mas não é só isso.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

A Emenda Constitucional 95 (teto dos gastos), elaborada por Henrique Meirelles (PMDB), um dos ministros do golpe, determina o congelamento dos gastos públicos por 20 anos.

Esta EC bloqueia o financiamento de programas públicos para diversos setores, inclusive para a manutenção do Sistema Único de Saúde (SUS). Sem investimentos, o SUS vai entrar em colapso e a população vai ficar entregue à própria sorte.

Quem ganha com o congelamento de gastos são os planos de saúde privados, que só querem lucros. Não estão preocupadas com a garantia de saúde para toda população.

Neste contexto, proliferam as chamadas “Organizações Sociais” (OSs) na saúde. É um modelo que transfere para entidades privadas a gestão dos serviços básicos.

Com o corte dos recursos públicos, as OSs devem também passar a cobrar pelos serviços. Ou seja, a saúde será entendida como mercadoria (uma prestação de serviço) e não como um direito de cada cidadão e cidadã brasileiros.

Estamos em pleno processo eleitoral. É nosso dever votar em candidatos comprometidos com os serviços públicos e com o SUS. A EC 95 deve ser revogada e a saúde pública deve ser fortalecida com investimentos públicos, e não com terceirização. Vote pela saúde do povo brasileiro!

Mais do que o voto consciente nas urnas, é preciso se engajar! Bote a mão na massa e construa candidaturas que defendem a revogação da EC 95 e se preocupam com a saúde para todos e todas.

O momento exige participação ativa nos sindicatos, movimentos populares e partidos que defendam a classe trabalhadora e o povo brasileiro. Não deixe que a política seja dominada pelo poder econômico.

Vote (e lute) pela saúde pública!

Veja como cada senador votou na EC 95 (antiga PEC 55 e 241)

A favor da PEC 55

Aécio Neves (PSDB-MG)
Aloysio Nunes (PSDB-SP)
Álvaro Dias (PV-PR)
Ana Amélia (PP-RS)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Antonio C Valadares (PSB-SE)
Armando Monteiro (PTB-PE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Benedito de Lira (PP-AL)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Cristovam Buarque (PDT-DF)
Dalírio Beber (PSDB-SC)
Deca do Atacadão (PSDB-PB)
Edison Lobão (PMDB-MA)
Eduardo Amorim (PSC-SE)
Eduardo Braga (PMDB-PA)
Elmano Férrer (PTB-PI)
Eunício Oliveira (PMDB-CE)
Fernando Coelho (PSB-PE)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN)
Gladson Cameli (PP-AC)
Hélio José (PMDB-GO)
Ivo Cassol (PP-SC)
José Agripino (DEM-RN)
José Anibal (PSDB-SP)
José Maranhão (PMDB-PB)
José Medeiros (PSD-RN)
Lasier Martins (PDT-RS)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Magno Malta (PR-ES)
Marta Suplicy (PMDB-SP)
Osmar Aziz (PSD-AM)
Otto Alencar (PSD-BA)
Pastor Valadares (PDT-RO)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Pedro Chaves (PSC-MS)
Pinto Itamaraty (PSDB-MA)
Raimundo Lira (PMDB-PB)
Reguffe (sem partido-DF)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Roberto Muniz (PP-BA)
Romero Jucá (PMDB-RR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Simone Tébet (PMDB-MS)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Telmário Mota (PDT-RR)
Valdir Raupp (PMDB-RO)

Contra A PEC 55

Ângela Portela (PT-RR)
Dário Berger (PMDB-SC)
Fátima Bezerra (PT-RN)
Gleisi Hoffomann (PT-PR)
Humberto Costa (PT-PE)
João Capiberibe (PSB-AP)
Jorge viana (PT-AC)
José Pimentel (PT-CE)
Kátia Abreu (PMDB-TO)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Paulo Paim (PT-RS)
Paulo Rocha (PT-BA)
Regina Sousa (PT-PI)
Roberto Requião (PMDB-PR)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

Clique no link a seguir e saiba mais sobre a EC 95.

Texto: Matheus Lobo


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários