fbpx

Última audiência pública na Câmara sobre reforma da Previdência será nesta terça-feira (28)

A Comissão Especial parlamentar que discute a reforma da Previdência (PEC) 287/2016 realiza nesta terça-feira (28) sua última audiência pública. Isso porque o governo Temer tem feito o possível para aprovar  rapidamente o desmonte da Seguridade Social em benefício de grandes bancos e fundos de pensão privados.

A PEC torna inatingível o direito à aposentadoria pública e deixa a classe trabalhadora sem qualquer proteção do Estado nas fases mais vulneráveis da vida, como doença, acidentes, desemprego e velhice. Condena os brasileiros a trabalhar até a morte.  Extingue a aposentadoria por tempo de contribuição e as aposentadorias especiais (com exceção de militares e políticos), unifica regras para homens e mulheres, rurais e urbanos, sejam eles do setor público ou do privado.

A PEC 287 desmonta o sistema de proteção social para fazer o povo trabalhar por mais anos, com salários achatados, sem direito a férias, horas extras, 13°, FGTS e aposentadoria, em benefício dos grandes empresários.

As propostas de mudanças na Previdência devem podem vir a ser debatidas também nas comissões da Seguridade Social e Família e na de Defesa dos Direitos do Idoso. Para isso, precisamos pressionar o Congresso. 

Reforma trabalhista

A reforma trabalhista deve pautar a agenda da Comissão de Trabalho e ainda segue em discussão na comissão especial do tema, que na próxima quarta-feira realiza outra audiência pública. Nesta audiência, participarão representantes do Tribunal Superior do Trabalho (TST), institutos de pesquisa econômica e demográfica, além da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Foto Luiz Alves

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top