Seminário na UFRGS debate Previdência no serviço público e o direito à aposentadoria

Seminário na UFRGS debate Previdência no serviço público e o direito à aposentadoria

UFRGS debate Previdência no serviço público e o direito à aposentadoria

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

No dia 05 de dezembro a Assufrgs Sindicato, em parceria com o ANDES/UFRGS realiza o Seminário Previdência no serviço público e o direito à aposentadoria. A atividade ocorre às 15h no auditório da Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS (Avenida João Pessoa, 52), e tem como eixo central discutir os diversos temas que envolvem a Reforma da Previdência, apontada como prioridade para o próximo governo do Brasil.

A transição Temer/Bolsonaro já prepara terreno para que a medida seja apreciada rapidamente, tendo como referência o regime de capitalização adotado no Chile, que destruiu com a aposentadoria dos chilenos. A implantação do modelo chileno em nosso país completaria o suicídio econômico e social em curso no Brasil, uma vez que a Previdência Social é um dos principais sistemas de distribuição de renda no Brasil. São 30 milhões de brasileiros que recebem benefícios da Previdência Social, sendo que 70% recebem apenas um salário mínimo.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Para o servidores públicos o ataque à aposentadoria veio ainda neste apagar das luzes do governo Temer, com o sequestro de recursos próprios gerados pela estrutura pública, incluindo as universidades. O motivo da limpa dos caixas, segundo o governo, é garantir o pagamento dos aposentados em dezembro de 2018, incluindo o 13º. A medida fragiliza a aposentadoria dos servidores públicos federais e no caso das universidades fere a autonomia universitária e zera os recursos que são usados para investimentos e melhorias nas unidades dos campi.

O tema da reforma da previdência é complexo, envolvendo ainda a farsa do déficit da previdência, com desvios financeiros da aposentadoria para pagamento de dívidas do Estado, desonerações de grande empresas, sonegações e renegociações de dívidas, como apontou a CPI da Previdência no Senado, em 2017. Para entender a necessidade de defender os recursos da aposentadoria pública, através de uma gestão adequada da previdência social, convidamos:

Thiago Manfroi – Diretor do Sindisprev RS e servidor do INSS
Tema: A previdência dos servidores federais.

Edson Carneiro Índio – Secretário Geral da Intersindical e representante do Sindicato dos Bancários
Tema: A defesa da aposentadoria pública e a farsa do déficit da previdência.

Rogério Coelho – Advogado do Escritório CSPM Advogados
Tema: A ameaça da privatização da Previdência. O desastroso regime de capitalização adotado pelo Chile.


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários