Trabalhadores dos ônibus se somam em defesa da aposentadoria

Trabalhadores dos ônibus se somam em defesa da aposentadoria.

São Paulo vai parar dia 19/Fev

Mais de 4 mil trabalhadores do transporte público da capital paulista se reuniram em assembleia, na Quadra dos Bancários, no dia 07 de fevereiro, e decidiram pela adesão ao Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência. A ação prevista pela categoria será a paralisação dos serviços de transporte público no dia 19 de fevereiro. 

O Dia Nacional de Luta Contra a Reforma da Previdência foi convocado pelas centrais sindicais com o objetivo de impedir que a “deforma” da aposentadoria seja colocada em pauta na Câmara dos Deputados.

Diante da forte pressão que tem sido feita pelos trabalhadores das mais diversas categorias, o governo prorrogou o prazo para a votação da matéria para o dia 28 de fevereiro, o que demonstra as dificuldades que estão tendo na obtenção dos votos necessários para aprovar a pauta.

A Assembleia dos Motoristas de Ônibus da Cidade de São Paulo, organizada pelo SindMotoristas, debateu ainda os impactos da Reforma Trabalhista e outros informes da categoria.

A adesão dos trabalhadores do transporte é fundamental para o sucesso das mobilizações no dia 19, e torna-se um exemplo para as demais categorias.

Segundo a Intersindical- Central da Classe Trabalhadora, o dia 19 será repleto de paralisações, mobilizações, e manifestações em todo o Brasil, além da participação nos atos, a central irá realizar ações de distribuição de jornais para a população, com o objetivo de esclarecer sobre os impactos da proposta de “Reforma da Previdência” na vida dos trabalhadores.


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Postagens Relacionadas

*

Top