Coronavírus: Trabalhadores denunciam insegurança em fábrica da Eurofarma

Coronavírus: Trabalhadores denunciam insegurança em fábrica da Eurofarma

Compartilhe

Acompanhe a ação do Sindicato dos Químicos Unificados na Eurofarma, em Itapevi, na qual um trabalhador faleceu por COVID-19 e, apesar das recomendações do sindicato, a empresa insiste em manter banco de horas, fazendo com que os funcionários passem ainda mais tempo dentro da fábrica, expostos à contaminação.

TRABALHADORES DEVEM PROCURAR O SINDICATO E DENUNCIAR ABUSOS DAS EMPRESAS

A pandemia do coronavírus deixou claro o quanto as empresas colocam a produção e seus lucros acima da vida e saúde dos trabalhadores.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

O sindicato vem recebendo denúncias de aglomerações dentro das fábricas, falta de cuidado com higiene e demissões.

Sem mencionar os cortes de salário e suspensão de contratos, autorizados pelo governo de Bolsonaro.

O Químicos Unificados permanece na linha de frente, cobrando das empresas que tomem medidas efetivas para preservar o sustento, a saúde e vida dos trabalhadores nessa crise.

ASSISTA AO VÍDEO:

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários