fbpx

Trabalhadores da empresa de ônibus Carris fazem paralisação contra privatização

Trabalhadores da empresa de ônibus Carris fazem paralisação contra privatização

Trabalhadores da empresa de ônibus Carris Porto Alegrense – a única empresa pública de transporte coletivo da capital do Rio Grande do Sul – realizaram na madrugada desta sexta-feira (22) uma paralisação para dar um recado ao prefeito Nelson Marchezan: não somos ladrões e não aceitamos a entrega da empresa à iniciativa privada.

No dia anterior, em entrevista ao programa de rádio Gaúcha Atualidade, Marchesan defendeu a privatização da empresa e afirmou que o índice de roubo de peças na Carris é muito grande. “Temos muitos ônibus parados na garagem porque faltam peças para realizar os consertos”, afirmou.

“Por esse motivo os  funcionários resolveram dar um recado ao prefeito. Os portões foram fechados de madrugada e liberados às 6h da manhã. Mesmo assim o protesto causou um estrago no início da manhã na cidade.. pois muitos carros não saíram no horário por um motivo muito justo. Não aceitaremos calados ser chamados de ladrão como desculpa para entregar a empresa à iniciativa privada”, explica Wenceslau Machado, diretor da Intersindical Central da Classe Trabalhadora.

“Vamos continuar a ofensiva contra os ataques do prefeito Marchezan de Porto Alegre. Vamos resistir a essa ameaça de acabar com a única  empresa pública de ônibus da capital”, avisou o diretor.

Foto: Sindicato dos Rodoviários


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top